O Blog do Pait

busca | avançada
36458 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> ESCOLA PANAMERICANA REALIZA NOVA EDIÇÃO DO ARTESCAMBO
>>> Evento apresenta influência da gastronomia italiana na cultura de São Paulo
>>> Festival Cine Inclusão tem sessão de encerramento dia 23/9 na Unibes Cultural
>>> Exposição de Fábio Magalhães na CAIXA Cultural São Paulo termina dia 24 de setembro
>>> Vânia Bastos apresenta o premiado "Concerto para Pixinguinha", no Teatro Municipal Teotônio Vilela,
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
>>> O fantasma de Nietzsche
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Entrevista com o poeta Régis Bonvicino
>>> Pascal e a condição humana
>>> Alberto Caeiro, o tal Guardador de Rebanhos
>>> O gato diz adeus
>>> Ascese, uma instalação do artista Eduardo Faria
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
>>> Sartre e a idade da razão
>>> Encontros (e desencontros) com Daniel Piza
>>> Para você estar passando adiante
>>> Para você estar passando adiante
Mais Recentes
>>> Harmonia
>>> O Muro
>>> Tetralogia Monstro
>>> O Poder da Mulher que Ora
>>> Historia Geral Da Africa, Vol.2 Africa Antiga
>>> Revista de Cultura Brasileña - Número 39, junho de 1975 (ESPANHOL/PORTUGUÊS)
>>> Perspectivas da Cultura Brasileira - Miguel Reale
>>> Cenas de um casamento sueco - Ingmar Bergman (Cinema)
>>> Movimento Brasileiro: Contribuição ao estudo do Modernismo - Maria Eugênia da Gama Alves Boaventura (Arte e Ciências Humanas)
>>> André Malraux: Três aspectos e uma síntese (A aventura, a política, a arte) Frederico dos Reys Coutinho (Literatura Francesa)
>>> A música na Revolução Francesa - Enio Squeff
>>> A Invasão Cultural Norte-Americana - Júlia Falivene Alves (Cultura)
>>> Arte-Educação no Brasil - Ana Mae T. B. Barbosa
>>> Informação. Linguagem.Comunicação. - Decio Pignatari (Comunicação)
>>> Mito e Realidade - Mircea Eliade (Filosofia)
>>> A Holanda no tempo de Rembrandt - Paul Zumthor (Artes Plásticas)
>>> Portinari: Exposição de sua obra de 1920 até 1948 (Artes Plásticas)
>>> O Surrealismo - Yvon Duplessis (Arte/Estética)
>>> Museu Lasar Segall - 50 obras do acervo (Artes Plásticas)
>>> Arte & Deformação - Como entender a estética moderna - Assis Brasil
>>> El Arte: Formas de la conciencia social - V. Kelle/M. Kovalson (Em Espanhol) (Arte e Política)
>>> A Perspectiva - R. Taton & A. Flocon (Artes Plásticas)
>>> Cultura de Massa e Política de Comunicações - Waldenyr Caldas
>>> Problemas del arte en la revolución - Carlos Ragael Rodríguez (Em Espanhol)
>>> Itinerario estético da la Revolución Cubana - José Antonio Portuondo EM ESPANHOL(Estética)
>>> O Livro Perdido de Enki-Memórias e Profecias de um Deus Extraterrestre
>>> A Igreja
>>> Blecaute - 28ª ed.
>>> O Populismo na Política Brasileira
>>> Livro de Colorir Reino Animal
>>> Nas Trilhas da Crítica - Coleção: Críticas Poéticas
>>> Fé em Busca de Compreensão
>>> Carta aos Romanos
>>> Enciclopédia da Vida Selvagem - Animais da Selva III
>>> Mary Poppins
>>> Antologia Da Literatura Fantástica
>>> Saco de Ossos - 2 volumes
>>> Olhe Para Mim
>>> Guia Prático Enem - Matemática E Suas Tecnologias
>>> A Sombra Materna
>>> Histórias Da Vida Inteira
>>> Honoráveis Bandidos - Um Retrato Do Brasil Na Era Sarney
>>> Eternidade Mortal
>>> Ambientes Da Democracia Ambiental
>>> Trinta Anos Esta Noite - O que Vi e Vivi
>>> Pimenta Do Reino Em Pó
>>> Machu Picchu
>>> Cidade Escola - Série Jovens Utopias Livro 3
>>> Dr. Clorofila Contra Rei Poluidor
>>> Trio Enganatempo - Sua Mãe Era Uma Neanderthal
BLOGS

Quarta-feira, 6/9/2017
O Blog do Pait
Felipe Pait

 
Dinheiro não tem cheiro

Me corrijam se entendi errado:

O Janot queria se posicionar de isentão, e armou uma delação unilateral contra a gangue do Temer. O açougueiro gostou da ideia de proteger seu patrono Lula, e o Facchin aceitou a delação parcial, por uma mistura de indignação, ingenuidade, e parcialidade. O delator se sentiu tão à vontade e certo da impunidade que gravou a si próprio contradizendo a delação e implicando a orcrim do Lula. O Janot não teve outro caminho que fazer o resto da denúncia.

Totalmente fulanizado, "O" sicrano, "O" beltrano, mas política agora está só nisso. Dúvida: o $ do Geddel era o troco do roubo enquanto ministro durante o governo Temer, durante o governo Dilma, ou durante o governo Lula? Isso nunca se vai saber, $ não tem cheiro.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
6/9/2017 às 10h11

 
Como terminará o desgoverno Trump?

Brasil EUA
3 x 1 ------ Golpe
2 x 1 ------ Impeachment
4 x 4 ------ Morte morrida
2 x 4 ------ Morte matada

Uma possibilidade para os EUA é seguir o caminho onde já tem liderança, a morte matada. Outra é o golpe, onde a liderança brasileira continua inconteste. O médico particular do assim-chamado presidente afirma que ele tem a melhor saúde do mundo, o que indica que a morte por causas naturais também é uma possibilidade. Mas o impeachment pelo congresso seria lento demais, por causa da pusilanimidade do partido Republicano.

Palpito uma combinação: golpe executado pelos únicos membros atuantes do gabinete, os militares, empregando a emenda 25.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
24/8/2017 às 09h51

 
Petista atacando o fim do Ciência sem Fronteira

Petista defendendo o ciência sem fronteiras. Minhas respostas.

As quantias foram enormes, e o programa não atendia a nenhuma necessidade bem especificada do país. Os estudantes foram enviados a esmo, pelos acasos da burocra da Capes, sem consideração nem aos interesses dos estudantes e às capacidades das universidades estrangeiras e nacionais. As verbas foram gastas sem nenhum critério: o exemplo mais óbvio é que as universidades americanas foram pagas pelo valor "cheio" das taxas de matricula, que poucos estudantes pagam, sem nenhuma negociação, que certamente teria sido possível considerando o volume de recursos.

Alguns alunos se beneficiaram - bom para eles, mas não justifica o mau emprego de recursos. Sempre vai ter algum argumento imbecil dizendo que se uma pessoal ganhou vale a pena ter gasto dinheiro de centenas de milhões - mas o total geral foi um festival de incompetência promovido pelas autoridades.

Clareza total já há. 15 anos de orçamento do CNPq gastos sem nenhum critério. Agora o CNPq está sem $, comprometendo a continuidade da pesquisa futura no país. Faria mais sentido colocar as verbas no banco como precaução contra dias futuros nebulosos. Beneficiados houve, mas foi um desperdício monumental.

Não é unanimidade - tipo "tem um gajo que não acredita em mudanças climáticas mas acredita em homeopatia, então ele está certo e os 99.9% dos cientistas que têm opinião contrária a ele estão errados".

Não é opinião - as bolsas eram dadas sem atenção para as demandas da comunidade científica, sem cuidado em relacionar as ofertas das universidades estrangeiras com os interesses dos bolsistas. Os dispêndios foram exorbitantes - o programa pagava taxas de matrícula muito superiores àquelas pagas pelo estudante americano em média. As instituições de destina não eram sempre as mais adequadas ou de qualidade superior às instituições de origem.

O CNPq sustenta a pesquisa no Brasil fora do estado de S Paulo, que tem também a Fapesp. É indispensável. Informe-se com qq cientista. 15 anos de orçamento do CNPq gastos sem nenhum critério. Indefensável.

As agências de financiamento são indispensáveis para a ciência nacional. O orçamento total é finito.

Não há justificativa para gastar 15 anos de orçamento das agências num programa sem critérios bem definidos, que não atende a necessidades da comunidade científica nacional, e com estrutura administrativa mal concebida e ineficaz.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
4/7/2017 às 08h42

 
Estou com pena dô6 que não são corintianos.

Torcedores tucanos, petistas, republicanos, democratas, trabalhistas, tories, gaullistas, socialistas, todos só têm visto os times contratarem bandidos, perderem eleição, e dar zebra. Só o Timão tem ganho algumas.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
28/6/2017 às 10h16

 
Emprego público protege quem não precisa?

Há diversos erros na argumentação do artigo publicado hoje no Pasqüim.

1 - É verdade que o setor público remunera melhor que o privado trabalhadores com pouca escolaridade. Porém os trabalhadores muito qualificados, como professores universitários, recebem no serviço público menos do que no mercado de trabalho competitivo.

O quadro geral é mais complexo que isso: o judiciário oferece remunerações excessivas para alguns; e há muitos diplomados fazendo trabalhos de pouca sofisticação, recebendo mais do que o serviço vale. Isso reforça que a análise do artigo é enganosamente simplista.

2 - A estabilidade em alguns casos tem justificativas necessárias. Os exemplos mais claros são juízes - a estabilidade é indispensável para a autonomia nas decisões; e cientistas em áreas extremamente especializadas - ninguém vai investir numa carreira na qual não há mercado líquido de empregos sem garantia de estabilidade.

Tenho a impressão de que são justamente os casos em que ela é mais necessária que geram mais alvoroço entre os opositores da estabilidade. Isso enfraquece mortalmente o argumento racional que o artigo busca apresentar.

É fácil para um pesquisador numa área de interesse de massa não compreender a necessidade da estabilidade. Um pesquisador em econometria ou em engenharia da computação pode facilmente passar de um emprego universitário para outro, ou para um trabalho não acadêmico. Um especialista em história medieval, ou em geometria diferencial, precisa da estabilidade para embarcar num programa de pesquisa com duração de décadas. Um economista deveria ser capaz de compreender isso.....



[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
16/6/2017 às 10h03

 
Presidenta e presidento

Os elementos que faziam o impeachment da presidenta urgente fazem o impeachment do presidento urgente também: obstrução de justiça e formação de quadrilha.

Quem era contra o afastamento pode continuar sendo contra usando os mesmos argumentos: 51 milhões de votos, gravação do executivo, propina não foi registrada em cartório como destinada a enriquecimento pessoal, rede Globo, Odebrecht e JBS são patrimônios nacionais que o neoliberalismo quer destruir.

Quem era a favor de afastar uma tem que ser a favor de afastar outro.

A campanha para eleição direta antecipada é um perigo. Eleição periódica é cláusula pétrea da Constituição - não eleição quando der vontade. O País passa meses discutindo e aprovando uma eleição extemporânea, daí faz a eleição uns meses antes da data constitucional sem suficiente reflexão. O eleitor com raiva de todos os salafrários escolhe um extremista da direita ou um oportunista da esquerda, que em seguida decide que eleição em 2018 é desnecessária, e remarca a próxima para quando quiser. Risco enorme. Por isso extremistas, oportunistas, e salafrários vão apoiar.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
20/5/2017 às 08h39

 
Prefeito dará a carros bela vista da universidade

Prefeito dará aos motoristas na marginal bela vista da universidade, que em troca ganhará barulho e fumaça. Genial. Não é o muro que separa a USP da cidade - é só o muro da marginal. O benefício de ter vista para a USP, na concepção do prefeito e do reitor, é só para quem anda de automóvel. O resto da cidade continua vendo o muro.

A USP deve servir ao público, concordo. Abrir o campus para a população, faria sentido. Melhorar a vista dos automóveis, não tem razão de ser. Não sei se foi a melhor coisa ter construído esse muro; mas agora que está lá, derrubar para o deleite dos proprietários de carro, é uma total inversão de prioridades. Trazer mais barulho e fumaça para o campus com o objetivo de oferecer uma vista bonita para os carros é estupidez e má fé.

A proteção contra o barulho é parcial - para quem está baixo e perto do muro. Para quem está num prédio mais alto e afastado, não ajuda. Com fumaça, ajuda menos ainda. Por isso não dá para saber se o muro devia ter sido feito - não houve estudo nenhum. Demolir sem estudo nenhum é mais estúpido ainda.

A universidade devia sim abrir o campus para o lazer da população. O caminho seria cobrar pelo ingresso e estacionamento, para financiar o necessário gasto com segurança. O obstáculo é a ideologia e o comodismo. Isso não tem relação nenhuma com a derrubada do muro, que só serve para melhorar a vista dos proprietários de automóvel que se deslocam pela marginal. Não foi mencionada abertura do campus. coerente com outras ações do prefeito de sacrificar tudo para colocar os donos dos automóveis por cima. "Carro também é gente, quem não está dentro do carro que se dane."

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
11/5/2017 às 08h50

 
A tática republicana

A maioria embora não todos os republicanos entendem que cancelar o plano de saúde de mais de 20 milhões de eleitores é uma tática suicida. Eles entendem que como manobra de campanha podem contar mentiras, mas uma vez que a lei for aprovada, os autores serão responsabilizados.

Qual a possível tática eleitoreira por trás do voto de hoje na Câmara dos Representantes? A explicação é única. O Partido Republicano espera que a revogação do Obamacare seja rejeitada no Senado. Na sequência o assim-chamado presidente pode continuar sabotando os planos de saúde, com sua confiável mistura de malícia e incompetência. Nas próximas eleições o Partido pode argumentar com os eleitores mais crédulos que o plano de saúde é caro porque o Senado não cancelou Obamacare.

O risco para o Partido é direto: e se o Senado aprovar a lei que vem da Câmara? Claro que os políticos podem continuar mentindo que a revogação é boa porque... porque... porque... porque sim - como sabemos, não há necessidade de argumentos muito racionais. Mas quem tiver seu plano cancelado vai perceber o engodo. Ou talvez não.

O outro risco é destruir o país. Esse porém não parece preocupar o Partido mais do que destruir os respectivos países preocupou bolivarianos e peronistas.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
4/5/2017 às 16h09

 
Greve geral

Meu otimismo com o governo Temer se mostrou injustificado. Não dá para aprovar leis importantes só com negociatas entre os políticos, fazendo todo tipo de favor para quem já é mal visto.

A situação não estava boa e o povo fica com a impressão de que só querem se proteger. Na oposição o PT volta a fazer seu papel - quanto pior melhor. Vai acirrar os ânimos.

O governo que tenta proteger os mesmos e fazer reformas no lombo dos outros se coloca numa situação vulnerável. O governo está tentando proteger políticos corruptos e isentar os poderosos dos sacrifícios. Assim não dá para obter apoio à reformas necessárias.

Facilita o trabalho dos sindicatos que fazem oposição destrutiva. #prontofalei

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
28/4/2017 às 10h22

 
Formatura da Poli 2016

O que falei nesse fim de semana como paraninfo da turma de Automação & Controle da Poli que se formou em 2016 foi mais ou menos o seguinte:

Uma expressão que aparece muitas vezes nos discursos dos reitores das universidades americanas é tikkun olam. Tikkun olam é um termo hebraico que significa "reparar o mundo", e se refere ao compromisso de agir construtivamente e consertar os obstáculos ao trabalho coletivo por um mundo melhor.

Os últimos anos foram de muita discórdia no Brasil. Nossa missão como engenheiras e engenheiros, tanto no sentido concreto como metafórico, é reparar os estragos feitos pelos conflitos: construir pontes, abrir circuitos de comunicação.

Quando vocês me deram essa honra de falar na formatura, eu teria ficado satisfeito em dizer que esse é o sentido da carreira que vocês estão iniciando. Mas observando os acontecimentos dos últimos meses, e a calamidade que está se desenrolando nos Estados Unidos, eu fiquei em dúvida se uma mensagem otimista sobre tikkun olam ainda é razoável.

(Nesse ponto improvisei um comentário mais ou menos assim. "Eu perguntei para minha rabina em Boston, e ela disse que eu devia escrever mais alguma coisa no avião. Agora vocês sabem quando professor prepara aula: quando todo o mundo está dormindo. O que escrevi foi o seguinte.")

Nossos planos devem ter também um sentido de manutenção preventiva. Não só o cuidado com as máquinas e equipamentos; precisamos olhar para o futuro e agir profissionalmente com decência, com integridade. Evitar que os atritos, as combustões, os surtos e transientes, os zeros de fase não-mínima, danifiquem nossas amizades, nossa sociedade e as instituições.

É uma carreira linda que vocês têm pela frente. Voltem sempre!

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
13/3/2017 às 10h54

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VERANICO DE JANEIRO
BERNARDO ÉLIS
ICBC
(2006)
R$ 14,00



VOCÊ PODE SER SANTO
PLINIO MOREIRA DA SILVA
ABECAR
(1984)
R$ 15,00



AS CURAS PARANORMAIS
GEORGE W. MEEK ( ORGANIZADOR)
PENSAMENTO
(1990)
R$ 9,20



O ASSASSINATO E OUTRAS HISTÓRIAS
ANTON TCHEKHOV
COSAC NAIFY
(2011)
R$ 15,00



MORTE E VIDA DE CHARLIE ST. CLOUD
BEN SHERWOOD
NOVO CONCEITO
(2010)
R$ 6,00



VENCEDORES VICIADOS- O VÍCIO NÃO ESCOLHE VÍTIMAS
ABRAHAM J. TWERSKI
MAAAYNOT
(2001)
R$ 9,50



POÉTICA MUSICAL: EM 6 LIÇÕES
IGOR STRAVINSKI
ZAHAR
(1996)
R$ 45,50



SOCIOLOGIA DA RELIGIÃO
F. FERRAROTTI - R. CIPRIANI - C. PRANDI - S. BURGALASSI - G. GUIZZARDI - R. STELLA - A. NESTI - E. PACE - D. PIZZUTI - G. DI GENNARO
PAULINAS
(1990)
R$ 34,00



EXTRAÇÃO DE DADOS PARA DATA WAREHOUSE 
MARCIO GONÇALVES
AXCEL BOOKS
(2003)
R$ 6,99



A GESTÃO DE CADEIA DE SUPRIMENTOS DA TOYOTA
ANANTH V. IYER / SRIDHAR SESHADRI / ROY VASHER
BOOKMAN
(2010)
R$ 14,90




>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
36458 visitas/dia
993 mil/mês