O Blog do Pait

busca | avançada
35024 visitas/dia
896 mil/mês
Mais Recentes
>>> Biblioteca Central da UnB recebe exposição artística 'Quem sou Eu, Quem somos nós'
>>> Feambra traz convidados para discutirem o tema "Museus e Sociedade"
>>> A Cultura do Subúrbio é tema do segundo debate #Colabora com Ideias
>>> Núcleo Viver estreia "Coração Supliciado...", no CRDSP
>>> Jikulumessu é a nova novela angolana que a TV Brasil estreia nesta quinta (25)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O dia que nada prometia
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Seis meses em 1945
>>> Senhor Amadeu
>>> Correio
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> On the Road, 60 anos
>>> Viena expõe obra radical de Egon Schiele
>>> Dilapidare
>>> A imaginação do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
Últimos Posts
>>> Jano
>>> Diário
>>> Infinitamente infinito
>>> Encantarias da palavra, de Paes Loureiro
>>> Animus mundi
>>> A partilha
>>> Dobraduras e origames
>>> Andamento
>>> Branco (série: Sonetos)
>>> Coroa, só de flores
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Literatura na poltrona
>>> A aridez de Beckett
>>> Jornalismo em tempos instáveis
>>> Nine Inch Nails e The Slip
>>> Por um corpo doente, porém, livre
>>> Iraque: plano de guerra
>>> A rocha que voa num labirinto
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
>>> A entranha aberta da literatura de Márcia Barbieri
Mais Recentes
>>> Movida pela Ambição
>>> Leite Derramado
>>> Teatro da Obsessão/Nelson Rodrigues
>>> A Distância entre nós
>>> Quem Sobreviverá?
>>> São Máximo, o confessor- Centúrias sobre a Caridade e outros escritos espirituais
>>> Teria Deus morrido?
>>> Operação Cavalo 4 De. Troia Nazaré
>>> Photoshop CS para Fotógrafos Digitais
>>> Viagens no Scriptorium
>>> Este Lado do Paraíso
>>> Amor Líquido - Sobre a Fragilidade dos Laços Humanos
>>> Quinta Avenida, 5 da Manhã - Audrey Hepburn- Bonequinha de Luxo e o Surgimento da Mulher Moderna
>>> La Consolante
>>> Notre-Dame de Paris
>>> A Arte da Guerra
>>> A Sociologia de Norbert Elias
>>> Bhagavad Gita - Como ele é
>>> Bhagavad Gita - Como ele é
>>> Cântico dos Cânticos
>>> La femme de trente ans
>>> The Notebook
>>> Foe
>>> Os Versos Satânicos
>>> Terra Sonâmbula
>>> Caim
>>> O Evangelho Segundo Jesus Cristo
>>> O Monge e o Executivo - Uma História sobre a Essência da Liderança
>>> O Beijo Infame
>>> Antes da Coisa Toda Começar
>>> Estruturas da Mente - A Teoria das Inteligências Múltiplas
>>> Guia Politicamente Incorreto da América Latina
>>> O Contrato Social
>>> Tess of the D´Urbervilles
>>> O Grande Conflito
>>> Ágape
>>> Dicionário Enciclopédico Ilustrado Veja Larousse - Volume 1
>>> O Cantor De Tango
>>> 1.000 Lugares Para Conhecer Antes De Morrer
>>> Nietzsche para Estressados
>>> Estorvo
>>> Cozinheiros Demais
>>> A Outra Face Da Doença - A Saúde Revelada Por Deus
>>> L'approche par compétences dans l'enseignement des langues
>>> Pensar Por Conta Própria
>>> O Evangelho Da Meninada
>>> Sinal De Contradição
>>> Limites Sem Trauma
>>> Desta Vez Eu Emagreço!
>>> Alucinado Som De Tuba
BLOGS

Sábado, 20/5/2017
O Blog do Pait
Felipe Pait

 
Presidenta e presidento

Os elementos que faziam o impeachment da presidenta urgente fazem o impeachment do presidento urgente também: obstrução de justiça e formação de quadrilha.

Quem era contra o afastamento pode continuar sendo contra usando os mesmos argumentos: 51 milhões de votos, gravação do executivo, propina não foi registrada em cartório como destinada a enriquecimento pessoal, rede Globo, Odebrecht e JBS são patrimônios nacionais que o neoliberalismo quer destruir.

Quem era a favor de afastar uma tem que ser a favor de afastar outro.

A campanha para eleição direta antecipada é um perigo. Eleição periódica é cláusula pétrea da Constituição - não eleição quando der vontade. O País passa meses discutindo e aprovando uma eleição extemporânea, daí faz a eleição uns meses antes da data constitucional sem suficiente reflexão. O eleitor com raiva de todos os salafrários escolhe um extremista da direita ou um oportunista da esquerda, que em seguida decide que eleição em 2018 é desnecessária, e remarca a próxima para quando quiser. Risco enorme. Por isso extremistas, oportunistas, e salafrários vão apoiar.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
20/5/2017 às 08h39

 
Prefeito dará a carros bela vista da universidade

Prefeito dará aos motoristas na marginal bela vista da universidade, que em troca ganhará barulho e fumaça. Genial. Não é o muro que separa a USP da cidade - é só o muro da marginal. O benefício de ter vista para a USP, na concepção do prefeito e do reitor, é só para quem anda de automóvel. O resto da cidade continua vendo o muro.

A USP deve servir ao público, concordo. Abrir o campus para a população, faria sentido. Melhorar a vista dos automóveis, não tem razão de ser. Não sei se foi a melhor coisa ter construído esse muro; mas agora que está lá, derrubar para o deleite dos proprietários de carro, é uma total inversão de prioridades. Trazer mais barulho e fumaça para o campus com o objetivo de oferecer uma vista bonita para os carros é estupidez e má fé.

A proteção contra o barulho é parcial - para quem está baixo e perto do muro. Para quem está num prédio mais alto e afastado, não ajuda. Com fumaça, ajuda menos ainda. Por isso não dá para saber se o muro devia ter sido feito - não houve estudo nenhum. Demolir sem estudo nenhum é mais estúpido ainda.

A universidade devia sim abrir o campus para o lazer da população. O caminho seria cobrar pelo ingresso e estacionamento, para financiar o necessário gasto com segurança. O obstáculo é a ideologia e o comodismo. Isso não tem relação nenhuma com a derrubada do muro, que só serve para melhorar a vista dos proprietários de automóvel que se deslocam pela marginal. Não foi mencionada abertura do campus. coerente com outras ações do prefeito de sacrificar tudo para colocar os donos dos automóveis por cima. "Carro também é gente, quem não está dentro do carro que se dane."

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
11/5/2017 às 08h50

 
A tática republicana

A maioria embora não todos os republicanos entendem que cancelar o plano de saúde de mais de 20 milhões de eleitores é uma tática suicida. Eles entendem que como manobra de campanha podem contar mentiras, mas uma vez que a lei for aprovada, os autores serão responsabilizados.

Qual a possível tática eleitoreira por trás do voto de hoje na Câmara dos Representantes? A explicação é única. O Partido Republicano espera que a revogação do Obamacare seja rejeitada no Senado. Na sequência o assim-chamado presidente pode continuar sabotando os planos de saúde, com sua confiável mistura de malícia e incompetência. Nas próximas eleições o Partido pode argumentar com os eleitores mais crédulos que o plano de saúde é caro porque o Senado não cancelou Obamacare.

O risco para o Partido é direto: e se o Senado aprovar a lei que vem da Câmara? Claro que os políticos podem continuar mentindo que a revogação é boa porque... porque... porque... porque sim - como sabemos, não há necessidade de argumentos muito racionais. Mas quem tiver seu plano cancelado vai perceber o engodo. Ou talvez não.

O outro risco é destruir o país. Esse porém não parece preocupar o Partido mais do que destruir os respectivos países preocupou bolivarianos e peronistas.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
4/5/2017 às 16h09

 
Greve geral

Meu otimismo com o governo Temer se mostrou injustificado. Não dá para aprovar leis importantes só com negociatas entre os políticos, fazendo todo tipo de favor para quem já é mal visto.

A situação não estava boa e o povo fica com a impressão de que só querem se proteger. Na oposição o PT volta a fazer seu papel - quanto pior melhor. Vai acirrar os ânimos.

O governo que tenta proteger os mesmos e fazer reformas no lombo dos outros se coloca numa situação vulnerável. O governo está tentando proteger políticos corruptos e isentar os poderosos dos sacrifícios. Assim não dá para obter apoio à reformas necessárias.

Facilita o trabalho dos sindicatos que fazem oposição destrutiva. #prontofalei

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
28/4/2017 às 10h22

 
Formatura da Poli 2016

O que falei nesse fim de semana como paraninfo da turma de Automação & Controle da Poli que se formou em 2016 foi mais ou menos o seguinte:

Uma expressão que aparece muitas vezes nos discursos dos reitores das universidades americanas é tikkun olam. Tikkun olam é um termo hebraico que significa "reparar o mundo", e se refere ao compromisso de agir construtivamente e consertar os obstáculos ao trabalho coletivo por um mundo melhor.

Os últimos anos foram de muita discórdia no Brasil. Nossa missão como engenheiras e engenheiros, tanto no sentido concreto como metafórico, é reparar os estragos feitos pelos conflitos: construir pontes, abrir circuitos de comunicação.

Quando vocês me deram essa honra de falar na formatura, eu teria ficado satisfeito em dizer que esse é o sentido da carreira que vocês estão iniciando. Mas observando os acontecimentos dos últimos meses, e a calamidade que está se desenrolando nos Estados Unidos, eu fiquei em dúvida se uma mensagem otimista sobre tikkun olam ainda é razoável.

(Nesse ponto improvisei um comentário mais ou menos assim. "Eu perguntei para minha rabina em Boston, e ela disse que eu devia escrever mais alguma coisa no avião. Agora vocês sabem quando professor prepara aula: quando todo o mundo está dormindo. O que escrevi foi o seguinte.")

Nossos planos devem ter também um sentido de manutenção preventiva. Não só o cuidado com as máquinas e equipamentos; precisamos olhar para o futuro e agir profissionalmente com decência, com integridade. Evitar que os atritos, as combustões, os surtos e transientes, os zeros de fase não-mínima, danifiquem nossas amizades, nossa sociedade e as instituições.

É uma carreira linda que vocês têm pela frente. Voltem sempre!

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
13/3/2017 às 10h54

 
Não terá a grandeza de Getúlio.

Um mar de lama. Aposto nas forças ocultas. Sete meses.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
14/2/2017 às 20h15

 
Piruá

Costumava eu dizer que em 3 coisas nos EUA eram melhores que o Brasil: a constituição, os parques nacionais, e as faculdades de artes liberais.

Porque a constituição era respeitada, os parque incentivam a visitação, e as faculdades ensinam para os alunos. Fora isso, a diferença é a bitola mais larga do papel higiênico.

Agora que o regime do Agente Laranja está rasgando a Constituição, é forçoso substituir o 1o item pelo milho de pipoca, que nos EUA estoura todo sem deixar piruá.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
6/2/2017 às 16h18

 
"The End of the World? In Brazil

Escrevi 2 versões de uma carta ao NYTimes. Qual vocês preferem?

Dears,

I don't find articles such as "The End of the World? In Brazil, It’s Already Here", by Vanessa Barbara, dated Jan 5, productive in the least. It is poorly argued; it uses exaggerated language and distorts facts; it contradicts reporting made on the ground by the Times hard-working correspondents. The analysis is inadequate and ideological, resorting to jargon and name calling.

These superficial opinion pieces by Vanessa Barbara represent the worst tendencies in Brazilian journalism. The Times would never accept such low quality journalism from American journalists or about the US. It is condescending and insulting that you publish it just because it comes from a Third World country.

Sincerely yours, Felipe Pait Brookline, Massachusetts

Dears,

It is a disservice to journalism to publish the article "The End of the World? In Brazil, It’s Already Here", by Vanessa Barbara, dated Jan. 5, 2017. It is poorly argued, uses ideological jargon to accuse people and organizations of guilt by association, resorts to exaggeration and distortion of facts, and contradicts the reporting done by your hard-working correspondents in Brazil. The article is dismissive about the efforts of a country trying to find its way out a challenging situation. Political debate in Brazil has been polarized in recent years, and it is easy to find an opinionator who will support extreme criticism of one side or another. We have seen where this leads in the United States.

You would not accept such low standards from an American journalist or from writing about the United States. It is condescending and insulting that you lower your standards and keep publishing such poorly researched and written pieces about a Third World country.

Yours sincerely, Felipe Pait Brookline, Massachusetts

http://www.nytimes.com/2017/01/05/opinion/the-end-of-the-world-in-brazil-its-already-here.html?rref=collection%2Ftimestopic%2FBarbara%2C%20Vanessa&action=click&contentCollection=opinion®ion=stream&module=stream_unit&version=latest&contentPlacement=1&pgtype=collection

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
7/1/2017 às 16h29

 
O único erro é superestimar o adversário

Sou grande fã dos Tartakowerismos. O maior frasista da história dos esportes, e um dos maiores do xadrez - peço desculpas aos fãs de Nenem Prancha e de Yogi Berra, afirmava que todo o resto é incompetência.

Lembrei disso ao ler uns papers que demonstram que o problema da estimação de modelos chaveados é NP-hard. Se fosse, minha solução em tempo logarítmico ganhava 1 conto de réis americanos do Clay Institute. (Moeda talvez apropriada, sei lá quanto dura ainda a república. Mas divago.)

O que acontece é que gente com muito conhecimento matemático pela metade, e pouco conhecimento de engenharia também pela metade, formulou o problema como uma otimização geral em todos os parâmetros espaciais e temporais do sistema chaveado. Resulta em otimização mista linear-inteira com objetivos não-convexos, um problema intratável. Não é a estimação de modelos híbridos que é difícil, mas sim o método de solução escolhido que complica desnecessariamente. Faltaram as aulas do grande Amadeu Matsumura: desenhos não provam nada! Mas ajudam a visualizar. Não fizeram os desenhos, não visualizaram a simplicidade do problema, e aceitaram uma simulação como prova.

Toda decisão de engenharia pode ser formulada como um problema de otimização que leva a vida toda + 6 meses para resolver. Eis mais um Tartakowerismo instantâneo de minha autoria! Isso não quer dizer que os problemas são impossíveis, apenas que os erros estão todos na pedra e no tabuleiro, esperando para serem cometidos. (Quem adivinhar o autor da última frase ganha um vale-expresso do Café de la Régence.)

Para celebrar pedi ao Sr P Noel uma coleção de frases do Tartakower publicada na finada Alemanha Oriental em tradução do original do grande mestre russo Suetin. Um vintém bem empregado. Não vai chegar a tempo de trazer pela chaminé de barro, nem com grito aflito da buzina do meu carro, mas lembra que o beatificado Bispo de Mira, Nicolau, dito Taumaturgo, era lício, natural de Pátara, fundada pelo filho de Apollo, a Arsínoe dos Ptolomeus. A Constituição da Liga Lícia era conhecida de Hamilton e Madison, tendo sido mencionada por ambos nos papéis federalistas. Pode-se concluir que o entregador do livro de aforismos enxadrísticos teve um papel importante na República Americana, 1776-2016, 240 anos bem vividos, sabe-se lá o que o futuro lhe guarda.

Engenheiro não acredita em milagres, confia neles. Nunca ninguém venceu uma luta desistindo.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
24/12/2016 às 17h58

 
Fidel era uma celebridade

Famoso por ser famoso. Não pelos feitos ou contribuições, relativamente menores. A morte dele é um fenômeno midiático. Todo mundo dá opinião porque todo mundo dá opinião sobre celebridade.

Até eu, que finjo não acompanhar celebridade, dou essa minha opinião. Como escreve @StaJuliana, "No fundo no fundo todo mundo tem um ditador sanguinário favorito". O meu é Júlio César.

E repito a previsão: com saída de Fidel, analfabetismo em Cuba aumenta, expectativa de vida desaba, HDI desce atrás do Paraguay. Esperem uns 5 anos e confiram as estatísticas.

[Comente este Post]

Postado por Felipe Pait
26/11/2016 às 21h58

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ADOLESCÊNCIA - MÁXIMO GÓRKI (LITERATURA RUSSA/MEMÓRIAS)
MÁXIMO GÓRKI
CLUBE DO LIVRO
(1964)
R$ 7,00



O PODEROSO CHEFÃO (POCKET)
MARIO PUZO
RECORD
R$ 13,00
+ frete grátis



CRISTO E O NOSSO CORPO
ANDRÉ LÉONARD
QUADRANTE
(1994)
R$ 8,10



CRIANDO FILHOS SAUDÁVEIS - 100 DICAS DE NUTRIÇÃO
HENRY LEGERE M.D.
SEOMAN
(2006)
R$ 9,00



CAI O PANO
AGATHA CHRISTIE
NOVA FRONTEIRA
(2009)
R$ 4,00



AS TRÊS FESTAS
DONG YU LAN
ÁRVORE DA VIDA
(1998)
R$ 8,90



HOMENS SÃO DE MARTE - MULHERES SÃO DE VÊNUS (RELAÇÕES HUMANAS)
JOHN GRAY, PH. D.
ROCCO
(1995)
R$ 5,00



STUPID WHITE MEN - UMA NACAO DE IDIOTAS
MICHAEL MOORE
FRANCIS
(2003)
R$ 10,00



DUAS LEITURAS DA VIDA DE SÃO BENTO
A.DE VOGUÉ E A. GRUN
MOSTEIRO DE SÃO BENTO
(2001)
R$ 15,10



A ESSÊNCIA DA AUTOCONFIANÇA
COLEÇÃO PENSAMENTOS E TEXTOS DE SABEDORIA
MARTIN CLARET
(2002)
R$ 4,30




>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lane Vasquez
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
35024 visitas/dia
896 mil/mês