Blog de Vininha F. Carvalho

busca | avançada
31762 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Artista plástica Ana Maria Tavares estará no Programa Arte-Papo da Fundação Ema Klabin
>>> Escritora Isa Colli faz lançamento oficial no Brasil de seu livro na Bienal do Livro Rio de Janeiro
>>> Shopping Metrô Tucuruvi traz literatura com muita diversão em Feira do Livro
>>> Seminário reflete sobre Arquivos e Direitos Humanos com documentos da Comissão Teotônio Vilela
>>> Evento gratuito discute as transformações do jornalismo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
>>> A fotografia é um produto ou um serviço?
>>> A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel
>>> Apontamentos de inverno
>>> Literatura, quatro de julho e pertencimento
>>> O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> The game of Prones
>>> Pétalas neon
>>> À Lígia
>>> Um biombo oscila entre o côncavo e o convexo
>>> Síndrome da desesperança
>>> Simbiose
>>> Grafologia
>>> Premiadas
>>> Plagas e pragas
>>> Elas por elas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Enriquecer é Glorioso!
>>> A maçã de Isaac Newton
>>> Televisão versus Internet: a disputa desnecessária
>>> O Frankenstein de Mary Shelley
>>> O engano do homem que matou Lennon
>>> Exibir sem mostrar
>>> It's my shout
>>> É batata!
>>> Solaris, o romance do pesadelo da ciência
>>> Eu blogo, tu blogas?
Mais Recentes
>>> Pop-up Game Of Thrones
>>> Um plano de saúde que Deus garante - Dr. Fernando M.F. de Oliveira
>>> Mais que um Carpinteiro - Josh McDowell
>>> O livro da selva 2ª ed.
>>> Criação, Graça, Salvação
>>> As Novas Antropologias. Um desafio à Teologia
>>> Teologia da Criação
>>> As Parábolas de Jesus
>>> O Pai-Nosso. A Oração do Senhor
>>> O Sermão da Montanha
>>> Convite à Filosofia
>>> O Advogado
>>> As Escravas do Diabo
>>> Trilogia Coleção Rubaiyat - O Livro de Job, O Livro da Sabedoria, Eclesiastes
>>> Ardente Reencontro
>>> Segredos Perigosos
>>> Voltando Para Você
>>> Prometida Para o Príncipe
>>> Oásis do Coração
>>> Diga Sim Ao Amor
>>> Procura-se Uma Babá e Uma Chance Para Amar
>>> Cenário de Sedução
>>> A Outra Face
>>> A Outra Face
>>> Os Frutos Selvagem da Sibéria
>>> A Filha do Deputado
>>> Os Frutos Dourados do Sol
>>> Safra Vermelha
>>> O Martírio do Obeso
>>> O Mistério Frontenac
>>> O Senhor das Moscas
>>> O Lado Escuro dos Ceús
>>> Um Rei na Manga
>>> Filhas de Outros Homens
>>> Na Asa da Borboleta
>>> Sereníssima
>>> Médicos em Perigo
>>> Plexus- A Crucificação Encarnada
>>> A Volta do Tarzan
>>> Em Aquário Ninguém se Esconde
>>> Trilogia: Peça-me o que Quiser, Peça-me O Que Quiser Agora e Sempre e Peça-me O Que Quiser Ou Deixe-Me
>>> Perdida
>>> Cerrrado em Perspectiva(s)
>>> Como Sobreviver A Perda de Um Amor
>>> Você é mais Capaz do Que Pensa
>>> Para o Dia Nascer Feliz
>>> Alegria e Triunfo
>>> A Cabala e a Arte de Ser Feliz
>>> A Arte de Separar-se
>>> A Droga da Obediência
BLOGS

Quarta-feira, 4/11/2015
Blog de Vininha F. Carvalho
Vininha F. Carvalho

 
Lição de lealdade

A verdade básica da vida está no que as pessoas pensam e sentem a seu próprio respeito. Ao contrário dos animais, muita gente tenta enganar aos outros e até a si mesmo, sem saber que agindo assim, só se prejudicam.

O homem é o mais inteligente dos seres criados por Deus, mas um cão reconhecido é muito superior a um ser humano falso.

O sentido real que se pode encontrar para uma vida feliz, é quando se é honesto e leal com sua própria consciência.É poder deitar a cabeça no travesseiro sem sentir que ficou devendo algo a alguém ou,o que é pior,a si próprio.O que deve vir em primeiro lugar numa pessoa é a verdade consigo mesmo.

As relações de amizade tornam-se mais reais quando as pessoas não mentem a si mesmas,embora a verdade,ás vezes,se torne dura de ser aceita.

Quanto mais esperta uma pessoa for,mas há de perceber que sendo leal,facilmente conseguirá da vida aquilo que deseja.

Todos os animais são o que são,o homem torna-se o que é. Deve conquistar sua essência.

O lema de todos deveria ser a sinceridade, a lealdade,a honestidade e o respeito pela natureza.

Devemos permitir que os sentimentos mais nobres floresçam no nosso dia-a-dia e, sabendo cultivá-los, nossa vida será muito melhor e refletirá em prol do bem estar dos animais.

Leia Mais:Animalivre

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
4/11/2015 às 12h00

 
É preciso saber distinguir, para não confundir !

É fácil distinguir os verdadeiros protetores, os que se dedicam á proteção animal por amor, por idealismo e por convicção.Proteção animal é matéria séria e não meio de ganhar dinheiro ou fazer promoção pessoal.

Desde os mais remotos tempos , ensina-se que, nas questões complexas, que envolvem animais e pessoas, é preciso saber bem distingui-las.

Na atualidade , em todas as áreas do conhecimento, em todos os segmentos da atividade humana, é importante reaprender a sábia lição dos antigos. Em todas as atividades, há os que são realmente sérios, competentes e dedicados, e há, infelizmente os oportunistas e imediatistas, que só visam lucros.

Na defesa animal, há defensores e "defensores"(entre aspas). Os primeiros são pessoas estudiosas, idealistas, abnegadas, que sacrificam até interesses pessoais legítimos, em prol da Causa.São movidos por um grande amor aos animais, por ter uma grande consideração e admiração por eles , nutrem um sincero desejo de promove-los na sociedade.De consciência ecológica bem formada, estas pessoas tem um passado de lutas e de realizações positivas e construtivas.

Mas, há os que não entendem nada de proteção dos animais, não respeitam e nem praticam os principios e valores que foram pregados por São Francisco de Assis. Desconhecem a humildade e pregam a prepotencia, e , na ansia de se posicionar sempre como pessoa muita esperta, enxerga nos assuntos relacionados aos animais algo rendoso para conquistar seus interesses pessoais.

Sempre surgem de forma espalhafatosa através de manifestações vazias , fazendo de tudo para aparecer na midia e ao perceber que seu objetivos não estão obtendo os resultados esperados, pois as atitudes irregulares começam a se tornarem evidentes,ao invés de assumir suas falhas, preferem sumir, deixando para trás uma "nódoa" na imagem de uma causa nobre junto a opinião pública, que terá que ser removida através de um grande trabalho de resgate de imagem a ser realizado pelos verdadeiros protetores.

Quem realmente ama uma causa, jamais se afasta dela, luta com esforço e persistencia para que ela cresça , evolua e seja cada vez mais valorizada e respeitada. Cada um deve saber usar o seu discernimento, para bem identificar e distinguir uns e outros, os que sabem ASSUMIR suas ações, e os que acham mais comodo SUMIR, quando a situação fica complicada para seu lado, devido seu comportamento irresponsável e descomprometido com o bem estar dos animais.

É preciso que os bem intencionados, menos avisados, não se deixem levar pelos falsos protetores que tentam se infiltrar na Causa dos Animais, são verdadeiros malfeitores.

Saiba Mais : Animalivre

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
27/10/2015 às 11h24

 
Primavera : a estação mais bonita do ano !


Estar perto da natureza é muito bom e na primavera esse prazer ainda é maior. As flores geralmente trazem um ar de alegria, romance e vida a qualquer ambiente. Quem não gosta de caminhar em um parque ou num jardim com aquele visual colorido e perfumado? Mais gostoso ainda é poder trazer a beleza das flores para dentro de casa, porém, sempre há dúvidas sobre o tratamento das plantas, quais espécies são indicadas, entre outras incertezas frequentes.

Segundo a paisagista e arquiteta Daniela Sedo, ter um jardim florido e bem cuidado é muito prazeroso, porém realmente exige cuidado contínuo, investimento em adubo, controle de pragas, além de um profissional qualificado para cuidar periodicamente das plantinhas.

Existem três opções de solução que ajudam quem não tem tempo, paciência ou mesmo dinheiro para cuidar de um jardim: para pessoas que gostam de ter plantas em casa e seu cuidado se limitará à rega, o recomendado é utilizar vasos com espécies plantadas e adequadas para ambientes internos.

Tais espécies necessitam de menos tempo de cuidado e inclusive menos rega. Uma espécie que floresce em ambiente interno e quase o ano todo é o Antúrio e sua variedade "mini", é mais delicada e menor.

Para quem prefere não se preocupar, por causa da correria do dia a dia, nem mesmo com a rega das plantas, a melhor opção é contratar arranjos florais em empresas especializadas que fornecem os arranjos e os substituem periodicamente. Já aqueles que buscam praticidade e custo zero de manutenção, plantas artificiais podem ser uma boa saída.

Durante a primavera, é necessário procurar por espécies rústicas e resistentes como é o caso da Azaléia, Primavera, Iris azul, Ixora e Lavanda. "Essas espécies resistem muito bem aos meses frios e estarão lindas na primavera. Em contra partida, espécies conhecidas como tropicais que são mais sensíveis a variações climáticas, estarão na Primavera com suas folhas queimadas, com manchas e em alguns casos demoram meses para se recuperarem", explica Daniela Sedo.

Nesta época do ano, quando as espécies estão florescendo, elas precisam de cuidados especiais, como a rega constante e adubação adequada para cada tipo de espécie.

Na varanda é possível criar, por exemplo, um deck quadradinho com vasinhos em volta, fazer faixas com pedras maiores ou pequenas, redondinhas, e colocar uma decoração com banquinhos ou objetos graciosos. "Hoje em dia, há decks de cerâmica ou placas de concreto, que imitam a madeira. Esses materiais não requerem manutenção, são práticos, bonitos, não desgastam com o tempo, e são produtos ecologicamente corretos e impermeáveis", aconselha a paisagista.

No inicio da primavera é indicado evitar espécies com folhas delicadas como é o caso das tropicais. Já no final da primavera certas espécies já estarão revigoradas e florescendo muito bem, como é o caso das Impatiens, Margaridas, Gardenia, dentre outras.

As espécies de sol, como o nome diz, são aquelas que apreciam e precisam da luz do sol diretamente em suas folhas. Apenas claridade não é suficiente, elas gostam de 'tomar sol', e acumulam calor. Essas espécies costumam se desenvolver bem em solo basicamente de terra, e precisam de regas abundantes, de 3 a 4 vezes na semana, e adubação constante.

Outras espécies, também de sol, preferem solo arenoso e com pouca terra, como é o caso dos cactus. Diferentemente das anteriores, essas não precisam, e nem gostam de água, pois, se hidratam através da umidade do ar, que é captado sob a 'pelugem' que reveste suas folhas. Os cactus apodrecem facilmente, se forem regados com frequência, ou mesmo se receberem chuvas constantes.

Já as espécies de sombra, geralmente possuem folhas mais delicadas, e seu porte/tamanho varia de 20cm a 2m, pois dificilmente passam desta altura. Neste caso, o solo deve possuir uma composição diferenciada, contendo serragem, húmus, alguns tipos de nutrientes em farelo, adequados às raízes finas e suas necessidades orgânicas. Esse tipo de solo se mantém 'soltinho' e não deve ficar compactado ou encharcado.

Tanto a primavera quanto o verão são estações ótimas para se cultivar espécies de flor e apreciar sua beleza. As flores também podem ser mescladas com mudas ornamentais, apenas com folhagens sem flor, que ajudarão a ressaltar a forma e o colorido das flores.

Saiba Mais: Revista Ecotour

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
11/10/2015 às 07h39

 
4 de Outubro - Comemoração se faz com atitude !

As civilizações foram se sucedendo, muitos hábitos, costumes foram se alterando, mas o abandono de animais atravessou o tempo e continua a ser praticado. A conscientização, união e o conhecimento são as armas lícitas de luta que devemos utiliza-las, de maneira que seja possível conquistar espaços e garantir as mudanças que almejamos ver na sociedade.

O abandono de um animal é um ato cruel e degradante, demonstração clara, de falta de caráter e incapacidade para assumir compromissos, e caracteriza-se num crime.

Para fortalecer o conceito de que cada cidadão deve ser responsável pelo seu animal, idealizei esta campanha educativa, visando comemorar no dia 4 de outubro, o Dia Nacional de Adotar um Animal, através da qual é possível estabelecer uma mobilização em prol do direito dos animais.

É um convite para que aconteça um amplo debate, na tentativa de trocar o problema do abandono pela oportunidade da adoção responsável. Além disto, esta iniciativa presta uma justa homenagem á São Francisco de Assis , um exemplo de protetor dos animais, que nesta oportunidade tem seus princípios e valores ressaltados.

O grande desafio dos centros urbanos que visam a melhoria da qualidade de vida enfocando a ética, é conseguir implantar e fortalecer a idéia, de que o bem estar animal não pode mais ser considerado como um ato de caridade e sim como uma obrigação legal, por isto é preciso incentivar as atitudes voltadas para promover as boas ações em prol dos animais e não simplesmente acreditar que com esmola é possível amenizar este grave problema.

Para mudar a sociedade é preciso que as pessoas mudem individualmente e, acreditem que com esta postura estarão caminhando na direção certa, aprimorando a conduta moral no que diz respeito ao relacionamento com os animais.

A população de pequenos animais, que vivem e sobrevivem , em relação direta com as condições do meio ocupado pelo homem, não podem continuar sendo abandonados. Esta situação requer a urgência de unir esforços da comunidade, para que se obtenha o controle de natalidade, enfatizando a necessidade de sensibilização da população sobre a posse e responsabilidade dos animais de estimação.

Comemorado pelo 16o.ano consecutivo, o Dia Nacional de Adotar um Animal, já conseguiu através de iniciativas individuais e do apoio de entidades sérias, um resultado surpreendente, ocorreram muitas adoções e aproximação de muitas pessoas á causa dos animais.

A defesa do direito dos animais se faz estimulando a cidadania, o desejo de fortalecer a responsabilidade social , e não apenas como um ato filantrópico. Precisamos combater a causa e não ficar se preocupando apenas em controlar as consequências. É preciso estimular a idéia que a proteção dos animais se faz através da conscientização, ou seja , é preciso aprender a trocar o D de Doação pelo B de Boa ação.

Através de esmolas, jamais veremos os animais sendo respeitados na sociedade , é preciso incentivar as atitudes coerentes e responsáveis para conseguir valorizá-los e garantir-lhes uma condição de vida digna.

O engajamento das escolas, nesta campanha em defesa dos direitos dos animais, também tem um papel relevante, pois permitirá que as crianças passem a trazer consigo um compromisso ético para com o estes seres indefesos, combatendo as atitudes do comportamento agressivo, criando uma sociedade melhor para todos.

Esta nas mãos de cada um, que se dispõe a ajudar os animais a possibilidade de encontrar a solução, se souber compartilhar suas idéias, estimulando a posse responsável e o controle de natalidade.

Nesta causa não existe vencer, mas sim convencer seus semelhantes a serem mais sensíveis e unidos em prol dos animais

Colabore , participe , faça a diferença!

Saiba mais : www.animalivre.com.br

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
2/10/2015 às 09h37

 
Quem são os consultores?

A palavra crise tem sido um convite para que as empresas repensem a forma como devem levar adiante seus investimentos, principalmente em assuntos ligados a treinamentos de seus colaboradores. Alguns gestores optam por palestras, workshops ou até mesmo consultorias, na esperança de que isto encurte caminhos, aproximando pessoas e reduzindo alguns custos operacionais. Porém, se a ideia é melhorar o clima entre os colaboradores, não adianta apostar neste tipo de iniciativa se não houver transparência, profissionalismo e participação de todos. Recentemente, tive a infelicidade de me deparar com um aventureiro se apresentando como consultor na área de hotelaria e turismo. Percebi logo a falta de conhecimento, quando sugeriu ações que não priorizavam a segurança dos hóspedes, além de ter um linguajar totalmente inadequado, chegando mesmo a falar gírias e, até, palavrões. Por isto, alerto, é preciso ficar atento e tomar muito cuidado, pois estas pessoas podem ter características completamente distintas das que busca e ao invés de trazer soluções, poderão gerar novos problemas. Pensando nisto, resolvi consultar um profissional para orientar quem são realmente os consultores. Segundo Robson Profeta, executivo, coach financeiro, formado em Ciências Contábeis, com pós-graduação em Finanças Corporativas, além de ter MBA Executivo pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e extensão pela Universidade de Chicago, existem, na verdade, duas classes de consultores: os externos e internos. O primeiro é contratado por um tempo pré-determinado, e o segundo faz parte do grupo de colaboradores da empresa. Claro, ambos possuem vantagens e desvantagens, por exemplo, o primeiro possui mais liberdade, e o segundo conhece melhor as características da empresa. Ele afirma que sempre é necessário analisar a fundo a pessoa que será contratada, para saber se suas referências são boas, quais são suas experiências anteriores, e seu perfil profissional, principalmente. Deve ser contratado quem comprova conhecimento e experiência na área de atuação da empresa. Uma das muitas vantagens de se contratar um consultor é que ele pode garantir um foco para o problema da empresa, algo que os outros funcionários muitas vezes não conseguem. Além disso, um consultor tem um custo de contratação mais baixo do que um funcionário regular especializado, já que, normalmente, ele fica por um tempo determinado, e não existe a preocupação de encargos sociais, por exemplo, explica. Robson Profeta me contou que, assim como tudo na vida, existem as desvantagens de se contratar um consultor. Por vezes, pode acontecer de uma empresa se tornar dependente do seu consultor, pela imagem que ele passa de que ele sempre resolverá tudo. Além disso, a falta de vínculo pode gerar desconfortos com os outros colaboradores, caso o consultor não atender ao princípio da boa convivência. E, também, é preciso tomar cuidado na hora de contratar, pois as vezes contrata-se uma pessoa que não é tão capacitada. Contratar um consultor não quer dizer que sua equipe não é capacitada, mas, sim, apenas aceitar o fato de que são tempos difíceis para empresas no Brasil e no mundo, e que toda ajuda é bem-vinda.

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
13/7/2015 às 09h51

 
Dia Mundial da Água

O dia 22 de março foi oficialmente nomeado pela ONU, através da resolução A/RES/47/193, como o Dia Mundial da Água, uma forma de chamar a atenção da população para a importância da água doce e defender o manejo sustentável dos recursos hídricos. Cabe a nós a responsabilidade de economizar a água que usamos no dia-a-dia para o equilíbrio do planeta. O sistema de gestão dos recursos hídrico vive momentos decisivos. Questões vitais precisam ser definidas para a preservação deste precioso líquido. Os cientistas demonstraram que o mundo abaixo dos nossos pés é essencial á vida na superfície. A contaminação que se alastra em vários aqüíferos poderá comprometer o ciclo de vida de todas as espécies. A disponibilidade de água limpa está sendo reconhecida um dos maiores desafios que a humanidade enfrentará para garantir a sua sobrevivência. Nos primeiros séculos da civilização , a água superficial era a única fonte que precisava ser conhecida pelos povos. O número de pessoas era muito pequeno, moravam nas margens dos rios e a água era relativamente pura. No século XX, com o aumento expressivo da população , onde os rios se tornaram exauridos e poluidos, a dependência do bombeamento de águas subterrâneos aumentou e, ao faze-lo, descobriu-se que existe um padrão de poluição penetrante.E, neste mananciais, diferente dos rios, a poluição é geralmente irreversível. A taxa de recarga dos aqüíferos é muito lenta em comparação com a das águas superficiais. O tempo médio de reciclagem para lençóis freáticos é de aproximdamente 1.400 anos. A água dos aqüíferos se move dentro da Terra com lentidão glacial e seus poluentes continuam a acumular. Diferente dos rios, os aqüíferos se transformam em tanques para poluentes, diminuindo desta forma a quantidade de água pura que podem produzir para consumo humano. Sendo assim, quando é bombeada a água subterrânea gera um prejuízo para as gerações futuras. A Declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU em 1992, diz que "a água é um patrimônio e nós somos responsáveis pela sua conservação". O desperdício pode acarretar consequências ruins, como a falta de água em rios e lagos, aceleração do derretimento do gelo polar, causando a mortandade do habitat e outros reflexos na natureza, Apesar de dois terços do planeta Terra ser formado por água, apenas cerca de 0,008 % é potável. E, como sabemos, grande parte das fontes desta estão sendo contaminadas, poluídas e degradadas pela ação predatória do homem. O que mais preocupa é que este problema poderá acarretar no futuro a falta da água para o consumo de grande parte da população mundial. Abundante em algumas regiões e escassa em outras, atualmente 145 países tem que compartilhar uma grande bacia hidrográfica com pelo menos mais uma nação. O Brasil é privilegiado, pois esta entre os três paises com maior quantidade de água potável, junto com o Canadá e a Rússia. É o único pais do mundo que contem as sete matrizes ambientais que integram as commodities ambientais. A matriz água pode estar integrada á reciclagem num projeto de recuperação de mananciais poluídos pelo lixo. Para isto acontecer, será necessário criar mecanismos que aumentem os investimentos na área de saneamento e que garantam seu controle pela sociedade. A Lei da Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei 9.433/97), prevê a cobrança pelo uso da água. Esta cobrança é valida se os recursos forem gastos na própria bacia que arrecadou . Ações governamentais instituindo a cobrança pelo uso da água, muitas vezes contestada pela maioria da população, são de extrema importância para a preservação e manutenção do meio ambiente ecologicamente equilibrado. A cobrança pelo uso da água tem o intuito de, primeiramente, reconhecer a água como um bem público de valor econômico, indicando ao usuário o real valor deste bem. Além disso, busca incentivar o uso racional e sustentável da água, obtendo recursos para financiamento de programas e investimentos na bacia. Dar prioridade absoluta para tratamento de esgotos e resíduos sólidos e despoluição dos mananciais é a maior prioridade na gestão dos recursos hídricos. Esforços conjuntos trazem resultados mais consistentes e rápidos. Transformar em realidade os projetos assumidos no papel nos âmbitos local, nacional, regional e internacional exige a participação dos setores público e privado e da sociedade civil. Os sistemas de água doce não sobreviverão se o habitat ao redor for destruído pelo desmatamento descontrolado, urbanização desenfreada e consequente poluição. A crise da água demonstrou que embora movendo-se lentamente , os lençóis freáticos são parte de um sistema de interações hidrológicas possantes entre a terra, a água, o céu e o mar. Prover acesso à água de qualidade e gerir as questões relacionadas aos recursos hídricos é essencial para o progresso econômico e social, uma vez que permite proporcionar qualidade de vida da população, reduzir a pobreza, diminuir as taxas de mortalidade e os gastos com saúde pública e favorecer o desenvolvimento como um todo.

[Comente este Post]

Postado por Vininha F. Carvalho
19/3/2015 às 08h59

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ABOLICIONISMO: ESTADOS UNIDOS E BRASIL, UMA HISTÓRIA COMPARADA (SÉCULO XIX)
CÉLIA MARIA MARINHO DE AZEVEDO
ANNABLUME
(2003)
R$ 30,00



QUERIDO JOHN
NICHOLAS SPARKS
NOVO CONCEITO
(2011)
R$ 13,00



HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL
J. K. ROWLING
ROCCO
(2000)
R$ 10,00



O BANCO DE TRÊS LUGARES - MARIA DE LOURDES TEIXEIRA (ROMANCE BRASILEIRO)
MARIA DE LOURDES TEIXEIRA
SARAIVA
(1951)
R$ 5,00



O HOMEM DE GELO - CONFISSÕES DE UM MATADOR DA MÁFIA
PHILIP CARLO
LANDSCAPE
(2007)
R$ 70,00



2001 UMA ODISSEIA NO ESPAÇO
ARTHUR C. CLARKE
ALEPH
(2014)
R$ 40,00



AVENIDA BRASIL: ENFIM UM PAÍS SÉRIO
PAULO CARUSO
DEVIR
(2010)
R$ 39,90



A ESTRATÉGIA DA CONFIANÇA
APOLINÁRIO TERNES
JOINVILLE
(1988)
R$ 8,00



HISTÓRIA DA FILOSOFIA GRECO-ROMANA II (DESDE ARISTÓTELES ATÉ OS NEOPLATÔNICOS) RODOLFO MANDOLFO
RODOLFO MANDOLFO
MESTRE JOU
(1967)
R$ 18,00



O CAIBALION: ESTUDO DA FILOSOFIA HERMÉTICA DO ANTIGO EGITO E DA GRÉCIA
TRÊS INICIADOS
PENSAMENTO
(2015)
R$ 14,99




>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
31762 visitas/dia
1,1 milhão/mês