Blog da Mirian

busca | avançada
33300 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Atrações de sertanejo e música eletrônica participam de Carnaval no Maracanã
>>> Alexandre Grooves comemora Troféu Cata-vento, pré-indicação ao Grammy e lançamento no Japão
>>> Estreia de Pelas Ordens do Rei Que Pede Socorro comemora 20 anos do grupo O Buraco d'Oráculo
>>> Espetáculo 'As Filhas da Mãe' completa 35 anos.
>>> Bloco Fogo e Paixão faz a festa na Zona Portuária
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 8.Heroes of the World
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 7. Um Senador
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair
>>> Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 5. Um Certo Batitsky
>>> A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros
>>> Blockchain Revolution, o livro - ou: blockchain(s)
>>> Bates Motel, o fim do princípio
>>> Bruta manutenção urbana
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Anotações
>>> Nei Lopes e Mirian de Carvalho: poesia e samba
>>> Feliz 2018
>>> Boa Vista
>>> O preço
>>> Você já atualizou sua história hoje?
>>> Sorvedouro
>>> Reter ou não reter
>>> O Peregrino
>>> Sismógrafos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O mago
>>> Do que as mulheres não gostam
>>> Quinteto em forma de choros
>>> Trágico e Cômico, o debate
>>> Literatura como arte
>>> Pela estrada afora
>>> O que aprendi
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 6. Nas Asas da Panair
>>> A poesia concreto-multimídia de Paulo Aquarone
>>> Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes
Mais Recentes
>>> A Coleira do Cão
>>> UML Essencial. Um Breve Guia Para a Linguagem-Padrão de Modelagem Para Objetos
>>> SQL. O Guia Essencial. Manual De Referência Profissional
>>> O Poder dos Cristais
>>> Estruturas de dados e seus algoritmos
>>> Game over
>>> No Vai e Vem da Vida
>>> Curso de Direito Processual Civil Volume II
>>> Curso de Direito Processual Civil Volume III
>>> Vade Mecum Acadêmico de Direiro
>>> Scooby Doo O Chalé Mal Assombrado
>>> Os Fantasminhas Backyardigans
>>> Resgate no Trem Backyardigans
>>> O Pequeno Príncipe Pidão
>>> Encontro e Desencontros na Clínica da Psicose Uma Reflexão Psicanalítica LACRADO
>>> Ter ou Não Ter, eis a Questão!
>>> Atuação Parlamentar Principais Discursos 1999 a 2006
>>> Como Administrar com a Sabedoria do Amor
>>> Vicente de Carvalho Vivo
>>> Santos Dumont Genial Brasileiro sua Personalidade e seus Feito
>>> Você está Louco!
>>> Pense rápido Crise
>>> Como Prevenir e Controloar o Estresse Síndrome do Século XXI
>>> Rotinas Trabalhistas e Previdenciárias
>>> O Sucesso não Ocorre por Acaso
>>> Se a Vida é um Jogo Estas são As Regras
>>> Os Criminosos Vieram para o Chá
>>> Os Criminosos Vieram para o Chá
>>> Os Criminosos Vieram para o Chá
>>> Código de Processo Civil e Legislação Processual em Vigor
>>> Procedimentos Especiais
>>> Gramática Essencial Ilustrada - Livro do professor.
>>> Carnaval Carioca 100 Anos + Cd de Samba Enredos Inesquecíveis
>>> Atlas Geográfico Escolar
>>> Dicionário Jurídico Brasileiro Acquaviva
>>> 5s Senso de Qualidade de Vida
>>> Código Civil Comentários Didáticos Direito das Coisas
>>> Exame de Ordem Curso Preparatório Prova Escrita
>>> Resumo de Direito Penal (Parte Geral) Coleção Resumos
>>> Resumo de Processo Civil
>>> Manual de Direito Comercial
>>> Memorial de Maria Moura
>>> Dicionário Biográfico de Personagens Dantescos
>>> Um Certo Capitão Rodrigo
>>> O sal da terra
>>> Eu Não Sou Assim!
>>> Marley e Eu
>>> Amanhecer
>>> Cronistas do Descobrimento
>>> Com licença ? aprendendo sobre convivência
BLOGS

Domingo, 26/3/2017
Blog da Mirian
Mirian de Carvalho

 
Trilha dos séculos (série: Sonetos)

Não se ouviam galos parindo a manhã.
Nem ruídos de pássaros fugindo da fome.
Não se ouviam murmúrios de madrigais.
Nem as lagartas urdindo casulos.

Rasgando o tempo, a trilha dos séculos
rogando pragas à memória enraizada
no piso de madeira. E a torneira matando
a sede das lembranças.

Não era o chiado do rádio. Nem
a vitrola enguiçada. Atrás dos móveis,
fantasmas do quintal engolindo espinhos.

Para acalmar a garganta, eles sorviam
a cáustica bebida que descia dos muros
enquanto a chuva inundava a casa.


(Do livro O camaleão no jardim. São Paulo: Quaisquer, 2005)

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
26/3/2017 às 20h47

 
Revisitação a Raimundo Correia (série: Sonetos)

Eu vos direi das pombas e pombais
que das aves no ar em revoada
não as sabia imagem dizimada
que ao berço não voltariam jamais.

Ilusões cuja morte postergais
são as vestes de asa desemplumada
tão perdida sem direção e estrada
à bruta caminhada dos mortais.

Se de volta as aves quis eu outrora
e em retorno essas luzes do devir,
tal bonança se perdeu na demora.

Da festa os guizos que julgais ouvir
são ressonâncias da vida que chora
com lábios de contraído sorrir.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
19/3/2017 às 19h19

 
Pessoana (série: Sonetos)

Desvelando o mistério do incerto,
tantos gigantes das marés venci
e ante assustada calma naveguei
abismos a fechar-me o mar aberto.

A luz eu busquei trazer ao espaço
que dentro do coração se evadia
nos longes, quando de tudo fugia
ao afastar-me de mim passo a passo.

Do acre pranto desejei quietude,
do tempo o castigar-me docemente,
aos atos que o bem-fazer jamais pude.

Pois, viajante que ao cais nunca mente
nem às águas beijando a pedra rude,
sou e não sou nem triste nem contente.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
11/3/2017 às 09h01

 
Do tempo então me esqueço (série: Sonetos)

Do rio a passar nada sei dizer
ante essa igarité desgovernada,
em margens contidas a conter nada
às águas fluindo a seu bel-prazer.

Do tempo nada podemos saber,
refrão mudo no fim de uma balada,
dito na escuridão emparedada
sob águas que só sabem do escorrer.

Esquiva hora em total desmedida,
destino atado entre fim e começo
a escrever de noite a insônia da vida.

Na madrugada, lua nova eu teço
em balões de prata. E, à luz surgida,
do evadir-se do tempo então me esqueço.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
4/3/2017 às 18h57

 
Matiz carmim (série: Sonetos)

Às incertezas da palavra “amor”,
aos meus entrelaces do corpo e da alma,
sigo rumos de turbulenta calma
que se desata entre fúria e torpor.

Do que desejei com tanto fervor
ao pálido gesto que a mão espalma,
desliza em verde rio a verde palma
cingindo perdas que não sei repor.

Nos cabelos ─ o amor ─ frágil tiara,
brilho de flores de matiz carmim,
guiando-me às cegas, ora me ampara.

E ao seu acre perfume de jasmim,
percebo que nada de antes restara
no sentimento que se crava em mim.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
25/2/2017 às 10h39

 
Do remoto (série: sonetos)

Rompendo várzeas do tempo esquivo
vejo lugares de uma casa extinta
entre mitos criando cor e tinta
nas peças de manuseado arquivo.

Em alarde no dorso da toalha,
à mesa gritam a boca de um vaso
e coisas vindas pelas mãos do acaso
ante a faca que o próprio cabo entalha.

Ao entreato da voz do fragmento
encontram-se contando suas mágoas
fantasmas de inoportuno momento.

Mas esses relatos se lavam n’água
de um mar que se recria em movimento
ao jorro da torneira que deságua.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
18/2/2017 às 09h05

 
Arcádia mineira (série: sonetos)

Em minha carne o falo meu pastor
guarda, por júbilo e alegria minha,
trazendo o pouco e o muito que ele tinha
ao tema dos madrigais a compor.

No leito da Arcádia ou seja onde for
molha-me a pele adocicada vinha,
ramo de jasmins que o sêmen aninha
ao visitar-me as entranhas do amor.

De mim, o meu pastor enamorado,
e crescente o desejo a cada dia
ao zelo que se faz eternizado.

Dos trabalhos de Eros em maestria
anuncia-se o fruto animizado
à seiva que meu corpo não sacia.

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
11/2/2017 às 14h43

 
Visitação a Gregório de Matos (série: sonetos)

Ao Deus pudesse então lançar-me à sorte
Em busca de alívio aos pesares nossos,
Bem o sentiria entre a pele e os ossos,
Do tempo, paz e peso, que eu suporte.

Jamais vos direi que desejo a morte,
Em nada meu sentir ao Cristo imita,
Não lhe reviverei a voz contrita
E aqui espero amor que me conforte.

Não vos direi da existência sofrida,
Inda que fugaz, conforta-me o dia,
Fortuita luz a incendiar-me a vida.

Do eterno tempo nesta romaria
Ao instante que sem corte o divida,
Em busca do amor, não me apartaria.


(Soneto até então inédito)

[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
4/2/2017 às 08h31

 
Nos pombais de Raimundo Correia (Série: sonetos)

Em pós daquela pomba, meu olhar
seguia atrás de outra e de outras mais,
rompendo madrugadas ancestrais
sem nenhum pouso certo onde chegar.

Ao conhecer-vos, luz do contemplar,
ante as tristezas que ora amenizais,
indo as aves e nuvens nos beirais,
buscava eu motivos para amar.

Como se fossem asas viageiras,
ao caminho incerto de um novo dia
minhas mãos logo seguiam ligeiras.

Tal fossem hastes em plena magia
os meus dedos floresciam roseiras
no vão onde o tempo se refugia.



[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
28/1/2017 às 09h03

 
Inda não te conhecia (Série: sonetos)

Não te encontrei e te sei dia e noite;
inda longe, há muito te queria.
A esse tédio que tudo esvazia,
nenhum vazio haverá que me açoite.

A estranha voz do pássaro da noite
de tanto vibrar não trará o dia;
em sendo rouxinol ou cotovia,
que em teu corpo meu lábio pernoite.

Ante o mar de enluarada tormenta,
o desejo sem chave ou sem saída,
tão logo me avassala, me apascenta.

Aos olhos a sedução consentida,
bebamos a calma paixão sedenta.
O amor não pede tempo nem medida.



[Comente este Post]

Postado por Mirian de Carvalho
21/1/2017 às 07h43

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CHOCOLATS ET CONFISERIE -TOME 1 - CHEFE RENOMADO ECOLE LENOTRE
ECOLE LENOTRE
JEROME VILLETE
(2000)
R$ 110,00



PLANEJAMENTO NA SALA DE AULA
DANILO GANDIN CARLOS H. CARRILHO CRUZ
PORTO ALEGRE
(1995)
R$ 10,00



EVANGELHO FIGURAS & SÍMBOLOS
JUAN MATEOS, FERNANDO CA,ACHO
PAULINAS
(2017)
R$ 46,40
+ frete grátis



ENSAIO DE AUTOBIOGRAFIA - PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA DE 1958
BÓRIS PASTERNAK
OPERA MUNDI
(1973)
R$ 25,90



CAMPOS DE BATALHA
GARTH ENNIS, RUSS BRAUN E PETER SNEJBJERG
MYTHOS
(2016)
R$ 50,50



ROMANCE NEGRO E OUTRAS HISTÓRIAS
RUBEM FONSECA
CIA DAS LETRAS
(1992)
R$ 10,00



REVISTA
OSMAR RODRIGUES CRUZ (ORG.)
ORIENTADOR
(1958)
R$ 25,00



O LIVRO DOS PORQUÊS - GIANNI RODARI (LITERATURA JUVENIL)
GIANNI RODARI
ÁTICA
R$ 7,00



AÇÕES DE PATROCÍNIO NO SETOR PÚBLICO
MELISSA DE A. CABRAL
PRISMAS
(2014)
R$ 14,00



O NOVO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO
JOSÉ CARALOS BARBOSA MOREIRA
FORENSE
(2008)
R$ 69,00




>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Geraldo Generoso
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Me avise quando for a hora...
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
33300 visitas/dia
1,0 milhão/mês