Blog de Camila Oliveira Santos

busca | avançada
30869 visitas/dia
757 mil/mês
Mais Recentes
>>> Marmita saudável está na moda!
>>> Editora Alaúde publica versão atualizada da prestigiada obra Palavras de Poder - vol. 2
>>> Tragédia em Mariana inspira livro infanto-juvenil
>>> Teatro do Incêndio realiza encontro com Os Favoritos da Catira e Samba de Umbigada
>>> Cozinha prática: Miyoko Schinner lança guia para preparar e armazenar ingredientes básicos veganos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Casa Arrumada
>>> Revolusséries
>>> Mais espetáculo que arte
>>> Thoreau, Mariátegui e a experiência americana
>>> Meu querido aeroporto #sqn
>>> Essas moças de mil bocas
>>> Como uma Resenha de 'Como um Romance'
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> Imprimam - e repensem - suas fotografias
>>> Um Cântico para Rimbaud, de Lúcia Bettencourt
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
>>> Ajudando um amigo
>>> Ebook gratuito
>>> Poesia para jovens
>>> Nirvana pra todos os gostos
>>> Diego Reeberg, do Catarse
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Lançamento e workshop em BH
Últimos Posts
>>> Trilha dos séculos (série: Sonetos)
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Faca de estrelas
>>> Estalactites
>>> A economia que a politicagem comeu
>>> "Duas Ninfas", processo de criação da pintura
>>> Se correr o bicho pega. Se ficar o bicho come...
>>> Suores
>>> DOIS POEMETOS E UM SONETO INÉDITO
>>> O encontro improvavel
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Jornalismo literário: a arte do fato?
>>> Crônica, um gênero brasileiro
>>> Muitos amores
>>> O espectro de Paulo Francis
>>> O melhor de 2008 ― literatura e cinema
>>> Teatro no interior
>>> A Poética do Chá
>>> ¡Qué mala es la gente!
>>> 100% elite branca
Mais Recentes
>>> Pântano De Sangue
>>> Psicologia Aplicada à Administração
>>> Nosso Lar
>>> Introdução à Teoria Geral da Administração
>>> A Revelação de Deus
>>> Guerra contra os Santos- Tomo 2- versão integral
>>> Evolução e Temporalidade em Teilhard, Vocabulário Teilhard ( 2 volumes)
>>> O Equilíbrio do Ser- Aristóteles
>>> Jogos Vorazes em Chamas
>>> Zona de Perigo
>>> Jogos Vorazes
>>> Davi, um Homem Segundo o Coração de Deus
>>> Moisés, um Homem Dedicado e Generoso
>>> José, Um Homem Íntegro e indulgente
>>> Espirito de Sabedoria e de Revelação-A Chave para conhecer as profundezas de Deus
>>> Teologia Sistemática- Três Volumes em UM
>>> Você na telinha - Como usar a mídia a seu favor
>>> Educação Financeira - Como educar seu filho
>>> O clube das segundas esposas
>>> O Amor do Espírito
>>> Pretinha, Eu?
>>> O Vale das Utopias
>>> História de Mulheres na Bíblia
>>> O Poder da Oração no Casamento
>>> Para entender a versificação espanhola e gostar dela
>>> Comédias Para se Ler na Escola
>>> Municipalização do ensino no Brasil (novo)
>>> A Chama Viva do Amor- A Festa do Espírito Santo
>>> Os princípios de liderança de Jack Welch
>>> O manual do novo gerente
>>> Bórgia: o poder e o incesto
>>> Bórgia: tudo é vaidade
>>> Bórgia: as chamas da fogueira
>>> Bórgia: sangue para o Papa
>>> The walking dead
>>> Como fazer amgos e influenciar pessoas na era digital
>>> Os milionários do Gênesis
>>> Brasil: 100 comentários
>>> Era uma vez uma empresa
>>> Como se tornar um lider servidor
>>> O homem mais rico da Babilônia
>>> A arte de ganhar dinheiro
>>> Um bom professor faz toda a diferença
>>> Os segredos da mente milionária
>>> Casais inteligentes enriquecem juntos
>>> Sonho Grande
>>> Os cães nunca deixam de amar
>>> O maior vendedor do mundo
>>> Economia e espiritualidade
>>> O milionário Moisés
BLOGS

Domingo, 19/3/2017
Blog de Camila Oliveira Santos
Camila Oliveira Santos

 
Políticos - Vilões do Mundo Real


Política - Denomina-se a arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados. A palavra tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estado chamadas "pólis" e chegaram às línguas europeias modernas através do francês "politique" que, em 1265 já era definida nesse idioma como "ciência dos Estados".

[...] o homem é naturalmente um animal político [...] - Aristóteles.

Googlando a palavra política encontramos, além de sua definição, um mar infinito de notícias ruins sobre corrupção, ironia e causas catastróficas como consequência das decisões absurdas que são tomados diariamente no mundo. A política provavelmente já nasceu enraizada no âmago do homem, sem este nem ao menos percebê-la antes de nomear.

Porém, ela rege seus passos até hoje, em tons sutis ou devastadores, sempre faminta e pedindo por mais. Não é sobre um lugar ou época especifica, é sobre tudo o que conhecemos como ordem, organização, princípios e crenças. Pois essas ditam as regras nos grandes e pequenos grupos desde que o homem começou a viver em comunidade.

São muitos entrando em guerras, enriquecendo ou caindo por ordem ou decisão de alguns ou de um único líder. E todos seguem o roteiro nas viradas do mundo entre o bem e o mal. Às vezes, quando a coisa está muito crítica, surgem alguns idealistas para sussurrar a voz da esperança. A última vez foi há uns 50 anos. Onde estarão os de 50 anos depois?

Em vez disso, nos deparamos com guerras que vitimizam e fazem aniversário. Enquanto mais líderes de fachada se erguem por aí com razões pessoais, empresariais e distorcidas, exaltando propostas que lá atrás foram tão dificilmente combatidas.

São propostas tão absurdas que não há outro meio de chamá-las senão "Planos de Vilões", porém este é o mundo real, onde as consequências causadas por seus atos doerão de verdade e durarão bem mais que duas horas.

Fique atento e perceba no seu país, estado, município, no exterior... Como a cada dia, um pequeno fragmento seu é tirado sem sequer ser notado ou chamado a discussão. Se continuar assim, daqui a algum tempo, o que sobrará então?

E onde estarão os bons? Quem sabe mortos ou paralisados... Catatônicos com aquilo que veem! Que mudanças poderiam propor? E o mais importante, quem iria seguir?

Não importa onde, em pequenas ou grandes escalas, alguém está sofrendo calado, vitimizado por alguma decisão que estava além dele e de você. Pois, no fim, a verdade é que não passamos de esculturas feitas de dominó, sendo derrubadas por poucos dedos que causam um enorme estrago. E não importará quem está mais acima ou abaixo, todos chegarão ao chão de forma igual.

E qual será o futuro do homem? Qual será a próxima virada nesse emocionante script de tantos personagens, cujo só alguns têm o papel principal de antagonista desvairado?Quanto mais os ditos figurantes vão aguentar serem enganados? Eles realmente merecem?

Tantas questões para redefinir a política. Uma ferramenta tão importante que deveria desde os primórdios ter como única função servir a um bem comum e maior.



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
19/3/2017 às 02h41

 
2016 - O Ano da Formatura! O que Fazer Depois?


Então, você finalmente se formou! Parabéns! Isso aconteceu pra mim em 2001! Já faz um tempo, porém parece que foi ontem. E o mais louco é que foi somente uma de muitas formaturas que passei e ainda vou passar na vida, porque convenhamos, o fim de um ciclo equivale também a uma formatura. Rito de passagem final pra um novo começo, colocando um ponto de ignição aos novos dias que virão.

Mas não dá pra negar que a graduação do ensino médio tem um gosto especial. Pois é quando nos tornamos maiores de idade, onde os sonhos e expectativas batem mais forte e pensamos seriamente em escolher uma carreira pro resto da vida. kkk Quanta responsabilidade! Como se fosse verdade!

E se existem aqueles que sabem o que querem como água cristalina, saiba que a maioria está perdida em vista a tantos propósitos e destinos possíveis, com medo na verdade, de não rumar pra nenhum. Infelizmente, não somos como os manequins que imitamos nessa nova modinha da internet. Porque o tempo passa rápido e somos obrigados, em algum instante, a nos mexer.

Parece injusto ter que escolher, contudo até a abnegação é uma forma de escolha. Mas não se exalte nem tenha medo, pois se o tempo passa, também se acerta uma hora dessas. Nem todos os planos foram feitos pra dar certo, nem todas as escolhas são as mais apropriadas e verdadeiras... Isso, meu amigo formando, você só vai descobrir vivenciando e trilhando a estrada. Pra se pegar perdido no mundo, pra aderir a novas resoluções, ser radical, tornar-se exatamente como seus pais, apesar de dizer tanto até aqui que faria tudo diferente...

O importante é aceitar os desafios e seguir adiante, porque na existência, nos formamos todos os anos desde que nascemos. E quem sabe um dia, se fizermos o trabalho direitinho, talvez possamos nos formar também na vida?

E não se apegue as fotos! Deixe-as pros momentos especiais! Desapegue de quem você já foi um dia! A vida aqui fora está a sua espera e não é como num filme cheio de personagens clichês. Ela não quer saber se você foi o valentão, a cdf, a radical, um nerd e até, porque não, fez o estilo líder de torcida. Claro que uma imagem não se apaga e pode até ajudar, porém se apegar demais a certos estigmas destruirá chances e oportunidades que teria se aceitasse ser simplesmente você.

Ninguém será como era na escola, deixe isso de herança pros que virão ano após ano e farão daquele lugar quase o mesmo de quando você estava lá. Pois sempre haverá o garoto que todas amam, a nojenta, quem passasse quase desapercebido entre tantos rostos na batalha por um lugar ao sol. Largue carinhosamente disso, deixe pra trás! Se reinvente pra ser você de verdade, descoberta num acidente proposital. kkk

Vamos combinar que formatura é uma época maravilhosa com vestidos, bailes, festas, amores platônicos e decorações. Tudo conquistado por você, que ralou durante toda sua breve vida, mas se divertiu muito também, não é? Então viva isso plenamente, como se não houvesse nada mais! Preocupe-se depois, no dia seguinte, tudo a seu tempo aproveitando ambos os momentos! Pois já existem filmes demais sobre o tema e você não quer ficar congelado em um deles. E lembre-se, ainda tem faculdade, pós graduação... Ainda tem desafios, festa e formatura de montão!!!! kkk



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
22/11/2016 às 14h38

 
Eleições Municipais e o Efeito DunDum!


Não é segredo pra ninguém que no próximo dia 02/10 habitantes de todos os 5.570 municípios do território brasileiro irão escolher um novo prefeito e vereadores como seus governantes. Mas independente dessa ou de qualquer outra eleição, é preciso ter sempre consciência do que o voto representa e do que pode causar na sua vida.

A votação foi criada para que democraticamente todos os membros da sociedade possam definir em pé de igualdade seus líderes, ou ainda, quais decisões serão escolhidas pela maioria. Porém, isso nem sempre acontece, tanto pela falta de verdade dos que propuseram a simbolizá-la quanto pelo não entendimento dos liderados.

Assim são as eleições, infelizmente! Mas saiba que não é impossível mudar, mesmo que pareça difícil, e uma eleição municipal é a oportunidade ideal de tentar e começar no primeiro degrau. Pois o município é o vinculo direto que um eleitor tem com o sistema, por possuir a sede e os eleitos em sua cidade, por ver diretamente e usufruir dos erros e acertos que estes implantam em sua gestão, por poder reclamar, sugestionar e parabenizar aqueles que as tomam e partilhá-las com seus vizinhos, amigos e familiares. E até, porque não, culpar-se da escolha errada, mesmo quando foi ingenuo de acreditar numa campanha bem feita!

É através do município que o eleitor se conecta com o estado e então país, sendo que em alguns casos, a cidade conta uma realidade completamente diferente dos demais tanto em desenvolvimento quanto em declínio e isso deve ser muito bem avaliado na hora de escolher em quem votar. Lembrando que são 4 anos para transformação, preservação ou piora dos recursos.

Questões como assistência à população, merenda, qualidade na educação, condições de moradia e preservação dos bairros, segurança, saúde e trabalho são cruciais na vida de um cidadão, e se uma gestão não apresenta bons resultados ou planos marcantes de governo não tem condição alguma de se firmar na administração de uma cidade.

Para começar a mudança, deseje um futuro mais verdadeiro, limpo de propostas e significativo em ações. Avalie o que é importante para você, sendo um pouco egoísta, veja que candidato tem reais condições de implantar aquilo que você considera melhor para contribuir com o município e atire!

Permita-se ser como a bala dundum, um pequeno projétil de uma arma menor que quando disparada no sistema, aparentemente fará um efeito mínimo, porém dentro dele criará mudanças enormes, jorrando por seus corredores feito as águas de um rio que transpassará o estado e atingirá também a nação. E sem arrependimentos, independente dos resultados, só restará seguir, pois foi um voto consciente e bem pensado. Afinal, você fez o seu melhor com aquilo que dispunha!



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
26/9/2016 às 16h10

 
A Geração dos Líderes Motivacionais!


O ser humano precisa de motivação! Sem objetivos fica difícil chegar aonde se quer! Assim, desde que a sociedade existe, pessoas são motivadas por alguém que tem o dom de entusiasmar. Geralmente são membros respeitados, como um familiar, possuem grande experiência no assunto sendo especialistas, ou ainda conseguem entreter e tirar conselhos maravilhosos do âmago.

Mas ultimamente, esses experts estão em todos os lugares, se aproveitando da tecnologia e de situações do cotidiano para gerar material de treinamento aos que estão perdidos, precisando de auxílio nessa vida tão variada de escolhas. Não há problema nisso, pois todo mundo já precisou de um Vâmo! pra acordar um dia.

Do mesmo modo que todos tem algo genuíno para ensinar, não só por especialização, mas por possuir experiência própria e isso é muito valioso. Afinal, quem não gosta de uma palavra de incentivo? Se estiver no escuro, então! Um simples você pode, ou ainda, algumas lapidadas no diamante bruto podem gerar toda diferença. Fazendo-se a luz, o importante é saber que no fim foi você, sua decisão, sua ação.

É preciso aproveitar os discursos, mas não se deixar levar por eles de modo que dominem sua vida! Encare essas apresentações como um prato que deve ser experimentado com cuidado, pois cada um tem um paladar e aquele pode ser ou não o seu. Aproveite as palavras de incentivo para traçar seus próprios objetivos, sem a pressão de alcançar as metas impossíveis que são estipuladas e você nem sabe de onde vieram.Você não os conhece na intimidade, não sabe nada sobre suas vidas fora dos palcos e acabará frustrado e infeliz por não ter a mesma agilidade "meteórica" para com a sua.

Eu também já me senti assim. Mas pensando direito, cheguei a conclusão que ninguém é monge! Eles também tem metas a desbravar, e se falam assim, com tanta eloquência sobre empreendedorismo, liderança e motivação é porque pensam exatamente como nós, ou seja, tiram as falas de suas próprias experiências desilusórias! Portanto, não são deuses da sabedoria, mas sim pessoas que aprenderam a vender suas derrotas como peixe fresco.

Contudo, não é errado fazer isso, desde que quando vendam o peixe também ensinem a pescar! Métodos eternos de dar o peixe por uma certa quantia só levarão uma pessoa até seus objetivos. E esse, meu amigo, infelizmente não será você!

No fundo sabemos que todos nós, uma vez ou outra, somos vendedores de motivação, e disso ninguém está livre! Mas a diferença fica na confiança familiar empregada, que acabamos depositando em quem não conhecemos na realidade. Rostos confiáveis sem família, personalidades dinâmicas e visuais que não imaginamos além das câmeras, textos e produtos vendidos. Resumindo, seres que são bons no que fazem, à quem transferimos o mesmo respeito de um irmão, impressionados com um currículo quilométrico. Desconhecendo, muitas vezes, que indivíduos com sucesso real conseguem contar seus feitos em poucas linhas e ainda assim causam extrema admiração.

Centenas dizem conhecer a fórmula da felicidade e da perfeição num punhado de passos, a deles é o sucesso nos projetos. A nossa, é dar certo a partir da injeção de ânimo, se não dá resultado, a troca não é justa e aí está o problema. Ambos precisam regular essa relação do que pedem os motivadores, e os ouvintes, do quanto doam ou dão importância.

É fato, que se existem em grande número é porque há procura, denominados coaching, headhunters, treinadores, motivadores, empreendedores e até amigos. Com a ascensão da internet, só tendem a aumentar, na verdade todos somos um pouco, eu mesmo agora escrevendo esse texto. Porém dosar no quanto se investe em conselhos e métodos é muito válido nesse ramo. Senão cedo ou tarde a casa cai, a verdade aparece e dois ditados populares serão tudo o que ficarão de real aprendizado "O sujo falando do mal lavado" e "Quem tem telhado de vidro não deve atirar pedras no do vizinho!"



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
17/9/2016 às 02h43

 
Se Não Vem Pra Ajudar É Melhor Nem Chegar!


Não é novidade pra ninguém o episódio que envolveu Biel com a jornalista que o acusa de assédio. A partir daí, uma enxurrada de outras denúncias e flagras sobre comentários no twitter, problemas de trânsito e posturas indecorosas surgiram pra acabar de vez com uma carreira que mal havia começado.

Biel surgiu como um dos primeiros produtos da internet que conseguiu sucesso também fora dela, graças a ela. Mas analisando sua música, o fenômeno, que começou como cover de Justin Bieber, se libertou pra apresentar letras chicletes e baladinhas que até estavam evoluindo e, como seu ídolo, poderia no futuro, mostrar um trabalho musical mais amadurecido pra um público geral.

Porém, se ele seguiu exemplo, não foi o musical, mas sim comportamental. Agindo com rebeldia e ignorância em muitas circunstâncias em que poderia ter conseguido boa reputação no ramo. Se ele sabia que o que estava fazendo seria tão prejudicial, ninguém saberá a não ser ele mesmo. Alguns podem até odiar a crítica e o ocorrido, mas é fato que Biel tinha um estrondoso poder nas mãos e não soube o que fazer com ele.

Atualmente, a comunicação é um poder alcançado através da tecnologia, pra influenciar o pessoal que consome informação numa velocidade absurda querendo sempre mais. E se antes, líderes fizeram isso através de outros veículos tanto pro bem quanto pro mal, está na hora dessa geração construir exemplos melhores pra se inspirar.

O Brasil precisa que seus astros e ídolos tenham no mínimo uma postura razoável, pois se os governantes não representam as grandes massas, cabe àqueles que as representa culturalmente, até pela maior interação e acesso, fazê-lo. Talvez a grande população não saiba, mas agora fique sabendo que pra publicidade, blogueiros e youtubers são a maior aposta de venda de um produto hoje em dia, sendo que alguns conseguem ganhar somas voluptuosas com anúncios e postagens de marcas.

Se eles usam ou não as marcas, vai da integridade deles. Tão pouco estou falando que qualquer um que se lance nessa aventura de blogar conseguirá, porém existem muitos por aí com carisma e trabalho duro que sim, influenciam e moldam a cabeça dos jovens do mundo com conselhos, descrições de experiências vividas, tutoriais, jogos, amizade virtual e produtos. Então, se estes estão felizes pela resposta alcançada com seu conteúdo, cabe a eles honrar o ditado ensinado pelo tio Ben à Peter Paker em "Homem Aranha": "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades".

Dito isso, que sirva de reflexão aos que estão aí e aos que surgirão nos próximos dias, meses, séculos... Seja por qual veículo for! A internet está poderosa e fabricará ainda muitos ídolos e histórias pro planeta futricar. Afinal quem não ficou sabendo do caso de sequestro fake da famosa blogueira inglesa, Marina Joyce? Ou sobre o filme que Kéfera Buchmann vai lançar, "É Fada"? De tantos livros lançados de autores blogueiros?

Se você não prestou atenção ainda, é só assistir Tv, navegar na internet e acompanhar campanhas publicitárias de marcas famosas pra começar a entender sobre o que estou falando. Queira ou não, os blogueiros e youtubers estão aí com materiais improvisados, o quarto de estúdio e muita criatividade pra conquistar o mundo! Quem diria que um dia iria precisar só disso... Lembrando, o cinema novo ressurge digital! E que Biel seja só uma má curva dessa estrada!



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
14/8/2016 às 14h29

 
Olimpíada no Brasil - Uma Modalidade à Parte!


Que comecem os jogos! Finalmente, a polêmica Olimpíada, gerada há 7 anos, conseguiu nascer e que bom, apagou a horrível impressão deixada pela abertura da Copa em 2014. Parabéns, Brasil! Conseguimos um ponto e espero que se começou assim também termine bem. Vamos aguardar!

Porque o caminho até aqui foi duvidoso e cheio de percalços, pelos quais o brasileiro teve que passar por verdadeiras modalidades esportivo-sociais pra sobreviver. O país recebendo a Olimpíada pode ser comparado à uma família com sérios problemas hospedando parentes distantes, ou seja, todo mundo rindo pra todo mundo enquanto a cara dói.

A situação presidencial, os milhões de desempregados, escândalos que patrocinaram até casamento... Só mais alguns dos problemas que se agregaram a outros costumeiros. E aí, chegaram as prévias pra tocha correr estados e cidades gerando episódios à parte. Jogaram água, extintor, tentaram agarrar e nada... Ela continuou a queimar pra acender aquele sol maravilhoso! Exemplos de que não adianta a força bruta pra aquilo que já está definido.

É importante pensar que nessa brincadeira de Copa + Olimpíada o país gastou mais de 55 bilhões que poderiam ter sido usados para minimizar essa crise que há muito já era prevista, mas preferiram gastar com festa, a primeira mal sucedida, a segunda caminhando num rumo certo, ainda bem. Porém, trabalhar a imagem de uma nação é muito mais que mostrar sua alegria, como a dignidade, o respeito e a honestidade, por exemplo.

É sonhar demais que todo esse dinheiro chegasse à mão dos brasileiros, mas uma parte dele já faria enorme diferença na saúde, educação e segurança. As normas do COI (Comitê Olímpico Internacional) são duras e enquanto alguns países muito mais desenvolvidos se recusam a sediar eventos de custo tão grandioso, o Brasil o teve de bom grado. Claro, que um acontecimento desse pode levantar o local, como aconteceu com Barcelona em 92, mesmo assim, o comitê deveria exigir o mínimo de estabilidade política pra aceitar inscrições de países sede. O grande inimigo é o tempo que muda governos e a economia do mundo, porém o acompanhamento seria fundamental.

Também é lamentável que um evento desse porte não possa ser escolhido acontecer pelos habitantes da nação em questão, principalmente quando ela é instável economicamente. Um plebiscito seria ideal pra decidir por tantas cabeças, tudo bem, a Inglaterra se separou erroneamente num plebiscito, mas pelo menos eles tiveram a chance de ser perguntados sobre a escolha de seu país, já é um começo!

E o que vem depois? Como ficará o legado Olímpico? Muitas medalhas aos atletas enquanto os turistas e voluntários terão variadas e divertidas histórias pra contar. As construções deixadas ajudarão, sumirão? E quanto aos apartamentos que algumas delegações desprezaram, mas que viriam muito bem a calhar pra famílias desabrigadas ou morando em lugares inapropriados?

A Grécia, depois das Olimpíadas de Atenas, em 2004, abandou seus estádios e construções por serem muito longe dos centros e só foram usá-los o ano passado pra abrigar os refugiados da Síria e outros países em guerra. Curiosamente, outros países os transformaram em locais de aprendizado e incentivo ao esporte, enquanto outros os usam como simples estádios. Como num negócio, esse evento também gera perdas e ganhos retornando ou não o montante pelo país investido.

Outro ponto curioso é que, a segurança foi reforçada e grandes resultados com apreensão de drogas e até terrorismo, uma situação atípica pro país, foi tratada com empenho obtendo sucesso. Então, se conseguem por um mês, por que não demonstrar essa insistência sempre?

Agora já foi! Independente do que falemos, a Olimpíada começou e graças a Deus superou as expectativas, mostrou o que tem de melhor e mandou um recado político sútil e refinado de esperança e fé mundo afora. Definitivamente brasileiro enfrenta poucas e boas, mas não esmorece! O país amanheceu com a imagem mais fresca que a de ontem, não é a solução mágica, mas já que Inês é morta, usar essa energia boa pra crédito em outros setores e quando tudo acabar, volte a uma normalidade diferente.

Essa é uma visão simplista num quadro de números infinitos, porém são as informações buscadas em veículos que querem fazer bonito literalmente "pra inglês ver"!



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
8/8/2016 às 03h54

 
A Sua Melhor Versão Te Leva Além


As coisas aleatórias da vida não chegam em sua mão ao acaso. Isso aconteceu comigo mais uma vez quando meu amigo, Vinicius me deu no final do ano o mais recente livro da Bel Pesce, "A Sua Melhor Versão Te Leva Além". Obrigada!

O clima do país é de incerteza e insegurança para todos, principalmente para os jovens. Confesso que não me sinto indiferente, pois gosto de muitas coisas e quero desenvolver os mais variados projetos. Acredito que esse seja o grande sonho de uma galera boa atual que está em várias faixas etárias, mas acaba se sentindo perdido, com medo ou desmotivado.

Essa é uma ótima opção descrita sob o ângulo de alguém que te entende e sabe que escolhas que podem perdurar para sempre na vida, exclusivamente em momentos mais caóticos não são fáceis, mas nem por isso precisam ser tão cerebrais quanto o imaginado.

"A Sua Melhor Versão Te Leva Além" - Autora Bel Pesce - Ano 2015 - Editora Enkla Disponível para download grátis no site da autora.

Sinopse - Alguns dos nossos aprendizados ficam guardados a sete chaves ou, às vezes, estamos tão ocupados que não paramos para dividir com os outros o que aprendemos. Vivemos em um mundo no qual diferentes meios de comunicação e diferentes pessoas que fazem parte das nossas vidas estão constantemente querendo nos convencer sobre o melhor caminho a tomarmos, mas a verdade é que não há um melhor absoluto. O grande desafio é encontrar o melhor para você. Em seu mais novo livro, Bel Pesce abre o seu DNA e conta sobre algumas experiências nas quais teve que se manter fiel aos seus valores e, principalmente, aos seus sonhos. "A sua melhor versão te leva além" é o primeiro livro da série "Meu Código Aberto", que tem o propósito de criar um movimento de compartilhamento e traz histórias cativantes e que te desafia a encontrar a sua melhor versão.

Esse livro é uma injeção de ânimo e frescor em nossos pensamentos ao abordar de forma simples questionamentos que todos temos a respeito de projetos, sonhos, prioridades, organização e metas de vida. O mais interessante é como ela descreve os jovens com pequenos exercícios, dicas e exemplos do cotidiano que podem ser aproveitados pra evolução e crescimento.

Enfim, a principal mensagem é que independente das adversidades, nossas vidas estão em nossas mãos para chegar aonde quisermos. Não será fácil nem totalmente eficaz, porém terá valido a pena.

A Bel é uma garota muito competente em tudo o que faz e tem ótimos e variados projetos cuja função é melhorar o indivíduo como ser humano através de aprendizados e ferramentas que o ensinam a chegar lá e propagar seus conhecimentos! Vale a pena!



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
4/8/2016 às 15h25

 
Pra Onde Vão os Sonhos Profissionais Na Crise?


Somos e estamos em frequente evolução! O que nossos pais foram ontem com certeza não somos hoje, assim como nossos filhos não serão como nós amanhã. Pensando no lado profissional, que é praticamente o que nos define como pessoas, podemos pensar que desde os anos 80 somos gerações privilegiadas que não precisaram tomar suas vidas baseados em guerras, medos e imposições da sociedade opressora.

Praticamente nascemos com tudo na mão! Calma, o mundo não é tão fácil assim! Mas pensando em tempos anteriores, esses foram anos dourados pra ser o que você quisesse ser...

Mas tudo que é bom dura pouco, e se os últimos 20 anos melhoraram a vida de sua família e por consequência a sua, os últimos meses tem retrocedido toda esperança e certeza imposta num futuro brilhante e mais bem sucedido.

Porém, agora é tarde! Queremos ser modelos, jogadores de futebol, esportistas, cantores, artistas e líderes. Não há como voltar, houve muito tempo pra sonhar. Mas quando uma crise adia ou impede sua evolução, como é engolir o fato de que se virar é o máximo que você consegue até retomar os planos novamente.

Esse deve ser um tema bastante recorrente na cabeça de cada brasileiro que se dedica na carreira e tem dívidas, dependentes, sonhos de consumo, etc. Também é o assunto principal do filme "Get a Job", cuja a função é mostrar como trabalhadores percorrem diferentes caminhos em épocas de crise. Eles têm sonhos e objetivos que diferem do mercado atual e não veem saída, justamente por terem vivido a era do tudo posso, mas sem fazer muito pra isso.

Não é o caso da maioria brasileira, mas serve em muitos exemplos para equiparar que no fim um indivíduo sem trabalho é alguém em apuros em qualquer lugar. Assim, Will (Miles Teller) sai da faculdade achando que o mundo é seu, querendo construir uma carreira com vídeos digitais e internet, mas acaba em empregos malucos como porteiro de motel e videomaker de cafetão antes de aceitar algo formal no ramo de vídeos para currículos.

Grande parte dessa aceitação veio dos conselhos da namorada Jillian (Anna Kendrick) que faz estágio numa grande firma com promessa de efetivação, mas ao invés disso, é dispensada e deixa a vida bem sucedida para trás indo morar na casa de Will com seus outros 3 colegas de quarto. Logo ela se desilude de melhorias e acaba passando pela fase dona de casa desleixada e amiga dos meninos. O segundo conselheiro e companheiro do protagonista é o pai Roger (Bryan Cranston - eterno Walter White de Breaking Bad) um homem que trabalhou a vida toda num único emprego e agora perto da aposentadoria foi demitido. Ambos passam por poucas e boas para não perderem lugar no mercado de trabalho.

Além deles, os amigos não estão em situação melhor, pois Charlie (Nicholas Braun) aceita uma vaga de professor do fundamental quando não consegue nem orientar a si próprio. Ethan (Christopher Mintz-Plasse) quer ficar rico tentando emplacar um aplicativo de perseguição e Luke (Brandon T. Jackson) aguenta o método pouco ortodoxo de seu chefe para alcançar o sucesso num escritório de finanças.

Enfim, entre persistências, confrontos, insegurança e chefes que te mandam passear surge um filme simples, mas de mensagem clara sobre os tempos pelos quais passamos. Deixando com a definição de cada um o lema de que o importante é não desistir, escolhendo sempre ser você, tudo passará e honrar a evolução até aqui é crucial para melhorar. Senão, mesmo no acaso, um novo caminho se mostrará ideal se você souber aproveitá-lo. São assim as trilhas que fluem vida para que comece, daqui um tempo, tudo de novo muito melhor de oportunidades.



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
4/8/2016 às 15h18

 
13 Momentos Bela, Recata e do Lar


A maioria do pessoal deve estar sabendo sobre a polêmica causada pela Revista Veja na matéria "Bela, Recatada e do Lar" onde tenta traçar um perfil da quase primeira dama Marcela Temer. Acredito que não tenha sido essa a intensão da jornalista, mas a matéria não parece descrever uma notável figura pública e sim um objeto decorativo no catálogo de uma loja.

Com adornos leves e belas palavras, o retrato de uma candidata a miss dos anos 50 foi pintado e só faltou desejar a paz mundial. Memes e protestos não faltaram, pois o texto já começa desde o título a lembrar aquelas revistas femininas com dicas para transformar as ditas ogras em mulheres perfeitas. Se não acredita, dá uma conferida nas "maravilhosas" dicas que as antigas donas de casa tinham que seguir aqui!

Parece mentira, mas artigos assim eram praxe em "revistas de mulher" para serem seguidos e passados para as amigas, mães e filhas. Mais de meio século depois, a vida de milhares delas mudou muito e hoje, embora ainda sejam tratadas com diferença em certos aspectos, elas assumem suas famílias, trabalham e criam os filhos com orgulho e respeito da sociedade.

Olhando pelo lado positivo, textos assim são sempre bons para esquentar a eterna discussão em relação ao machismo e feminismo. Lembrando que, como várias outras formas de preconceito, ele está lá, enraizado como quando haviam escolas para mulheres que não eram consideradas nos padrões, além de tantas que não tiveram a oportunidade de explorar seu potencial por medo ou preconceito da sociedade. Que isso jamais se repita para que todas as mulheres do mundo possam ser belas, respeitas e da onde quiserem.



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
4/8/2016 às 15h11

 
É Sortudo Aquele que é Visto Como Pedaço de Carne?


Toda e qualquer pessoa nesse mundo é provida de alguma beleza ou dom atrativo que parece irresistível ao outro. Às vezes nem isso é preciso, tem mais haver com o ego ferido ou má resolução mental do indivíduo. O que todos sabem, mas ninguém faz questão de perceber é que aí fora, no planeta Terra, atrocidades acontecem dia e noite em pequena e larga escala ferindo pessoas inocentes que se calam e cobrem as cicatrizes esperando que desapareça a dor, ou pior, se juntando a eles na guerra diária pelo poder de machucar.

Sendo assim, pessoas, em sua maioria mulheres e crianças, acabam sendo molestadas, espancadas, estupradas, reprimidas e caladas por motivos bárbaros do agressor ser da própria família, ser o chefe, por ignorância ou vergonha da situação que continua impune e traumática por anos até que seja descoberta com um desfecho grande demais para estancar na vítima.

E mesmo que leis de proteção e apoio a todo ser humano visem impedir crimes como esses, ocorrências absurdas são relatadas a todo momento e passam batidas, muitas delas causadas pela cultura atrasada da antiga constituição familiar e do "lugar" de cada um na sociedade. Quanto mais se evolui, mais difícil fica viver feliz e em paz numa vida sem aborrecimentos que não deveriam sequer existir.

Como exemplos mais comuns, temos o abuso doméstico que pode acontecer tanto de um lado como no de outro. O cara que aborda mulheres por aí de forma grosseira e não sabe escutar um não. Esse cara, ainda geralmente, vem num pacote de mexer com a mulher na rua, até as acompanhadas, puxar briga e achar sortuda a pessoa que sofre assédio "porque está com tudo e fica de mimimi".

Esse tipo de pessoa é a maioria responsável pela prática e vergonha de expor o que acontece entre quatro paredes em muitos lares e escritórios que se dizem idôneos. Geralmente também justificam temas assim acusando a própria vítima por seu comportamento, hábitos, vestimentas e até, pasmem, por conter beleza demais. Quem sabe uma máscara, moda Alasca ou burca possam dar um jeito? kkk Só que não, visto que em países mais conservadores socialmente esse tipo de ato acontece com muito mais propriedade.

Então sociedade, pense direito antes de fazer comentários que possam inibir situações de serem expostas e absurdos de terem fim. Reflita que uma mulher não deve ser maltratada por aquele em quem confiou para passar o resto da vida, que um homem sofre tanto quanto uma mulher quando é maltratado sem motivo, que uma criança tem o direito de ser livre e inocente o máximo de tempo possível, que cada um pode e deve escolher sua opção sexual sem sofrer repressões se essa não interferir na vida do outro, que a pessoa sortuda por ser bonita não será sempre considerada capaz no julgamento alheio enquanto só deseja seguir sua vida com respeito e pelos próprios méritos.

Ainda há, absurdamente, a questão de patrões abusivos que em tempos tão difíceis como esse procuram profissionais entre 11 milhões de desempregados com anúncios que exigem beleza e disponibilidade a amizade colorida como requisito à vaga. Além dos idosos, que são vistos como frágeis e quase sempre são atacados das piores formas com o bônus de roubo no final.

Enfim, a sociedade em geral, seja em que país for, precisa de reestruturação urgente e consciência de que todos são pessoas aptas a total e pleno direito de fazerem suas escolhas e serem respeitados como indivíduos livres e seres humanos capazes. Mas tudo o que vimos, até agora, é uma dança das cadeiras de homens, mulheres e crianças cegos e inocentes que morrem de pé enquanto meia dúzia de hipócritas se refestelam nas cadeiras.



[Comente este Post]

Postado por Camila Oliveira Santos
4/8/2016 às 15h04

Mais Posts >>>

Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NUKE HILL
STEVEN SPETZ
NOCA CULTURAL
(1989)
R$ 5,80



RODA DA FORTUNA
MARTIN SCHULMAN
ÁGORA
(1988)
R$ 20,00



TEIA DE SEGREDO
JOY FIELDING
ROCCO
(1996)
R$ 12,90



O CORPO TRAÍDO
ALEXANDER LOWEN
SUMMUS
(1979)
R$ 17,00



501 ILHAS IMPERDÍVEIS
DIVERSOS
LAFONTE
(2012)
R$ 75,00



NA CRISE ESPERANÇA E OPORTUNIDADE DESENVOLVIMENTO COMO SONHO BRASILEIRO 15999
JOÃO PAULO DOS REIS VELLOSO
CAMPUS
(2010)
R$ 10,00



APENAS COMEÇANDO
ELISA MASSELI
MENSAGEM DE LUZ
(2012)
R$ 16,90



DESVIRANDO A PÁGINA - A VIDA DE OLAVO SETÚBAL
BRANDÃO,IGNÁCIO DE LOYOLA / OKUBARO,JORGE J.
GLOBAL
(2008)
R$ 45,50
+ frete grátis



O LOUCO DA GRUTA
ARISTIDES FRAGA LIMA
SCIPIONE
(2002)
R$ 12,90



PAIS E FILHOS
IVAN TURGUÊNIEV
ABRIL CULTURAL
(1971)
R$ 7,20




>>> Abrindo a Lata por Helena Seger
>>> Blog belohorizontina
>>> Blog da Mirian
>>> Blog da Monipin
>>> Blog de Aden Leonardo Camargos
>>> Blog de Alex Caldas
>>> Blog de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Blog de Anchieta Rocha
>>> Blog de ANDRÉ LUIZ ALVEZ
>>> Blog de Angélica Amâncio
>>> Blog de Antonio Carlos de A. Bueno
>>> Blog de Arislane Straioto
>>> Blog de CaKo Machini
>>> Blog de Camila Oliveira Santos
>>> Blog de Carla Lopes
>>> Blog de Carlos Armando Benedusi Luca
>>> Blog de Cassionei Niches Petry
>>> Blog de Cind Mendes Canuto da Silva
>>> Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
>>> Blog de Claudio Spiguel
>>> Blog de Dinah dos Santos Monteiro
>>> Blog de Eduardo Pereira
>>> Blog de Ely Lopes Fernandes
>>> Blog de Enderson Oliveira
>>> Blog de Expedito Aníbal de Castro
>>> Blog de Fabiano Leal
>>> Blog de Fernanda Barbosa
>>> Blog de Gilberto Antunes Godoi
>>> Blog de Haelmo Coelho de Almeida
>>> Blog de Hector Angelo - Arte Virtual
>>> Blog de Humberto Alitto
>>> Blog de Isaac Rincaweski
>>> Blog de João Luiz Peçanha Couto
>>> Blog de JOÃO MONTEIRO NETO
>>> Blog de João Werner
>>> Blog de Joaquim Pontes Brito
>>> Blog de José Carlos Camargo
>>> Blog de José Carlos Moutinho
>>> Blog de Kamilla Correa Barcelos
>>> Blog de Lane Vasquez
>>> Blog de Lourival Holanda
>>> Blog de Lúcia Maria Ribeiro Alves
>>> Blog de Luís Fernando Amâncio
>>> Blog de Marcio Acselrad
>>> Blog de Marco Garcia
>>> Blog de Maria da Graça Almeida
>>> Blog de Nathalie Bernardo da Câmara
>>> Blog de onivaldo carlos de paiva
>>> Blog de Paulo de Tarso Cheida Sans
>>> Blog de Raimundo Santos de Castro
>>> Blog de Renato Alessandro dos Santos
>>> Blog de Rita de Cássia Oliveira
>>> Blog de Rodolfo Felipe Neder
>>> Blog de Sonia Regina Rocha Rodrigues
>>> Blog de Sophia Parente
>>> Blog de suzana lucia andres caram
>>> Blog de TAIS KERCHE
>>> Blog de Thereza Simoes
>>> Blog de Valdeck Almeida de Jesus
>>> Blog de Vera Carvalho Assumpção
>>> Blog de vera schettino
>>> Blog de Vinícius Ferreira de Oliveira
>>> Blog de Vininha F. Carvalho
>>> Blog de Wilson Giglio
>>> Blog do Carvalhal
>>> Blog Feitosa dos Santos - Prosas & Poemas
>>> Blog Ophicina de Arte & Prosa
>>> Cinema Independente na Estrada
>>> Consultório Poético
>>> Contubérnio Ideocrático, o Blog de Raul Almeida
>>> Cultura Transversal em Tempo de Mutação, blog de Edvaldo Pereira Lima
>>> Escrita & Escritos
>>> Eugênio Christi Celebrante de Casamentos
>>> Ezequiel Sena, BLOG
>>> Flávio Sanso
>>> Fotografia e afins por Everton Onofre
>>> Impressões Digitais
>>> Metáforas do Zé
>>> O Blog do Pait
>>> O Equilibrista
>>> Relivaldo Pinho
>>> Sobre as Artes, por Mauro Henrique
>>> Voz de Leigo

busca | avançada
30869 visitas/dia
757 mil/mês